REMÉDIOS PROIBIDOS PELA ANVISA NÃO EMAGRECE

 

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão do Ministério da Saúde acaba de proibir o uso dos anorexígenos, os remédios para emagrecer que atuam no sistema nervoso central (SNC), a sibutramina e os derivados de anfetamina (femproporex, dietilpropiona, anfepramona e mazindol).

O motivo é não existe registro de pessoas que usaram e emagreceram. Os resultados dos remédios são quase nulo. 70% do usuário não encontram resultado algum e os 30% restante necessitam 3 meses para diminuir apenas 5% do seu peso. Isto quer dizer que mais da metade das pessoas que fazem uso, só usufruem dos perigos destas drogas, pois os efeitos colaterais são grandes e pode desencadear doenças sérias e até a morte.

Doenças mais freqüentes

- diabetes; - de ordem cardiovascular; - hipertensão; - constipação intestinal; - depressão; - hipertensão pulmonar primária; - derrame; - distúrbios psicóticos; - irritabilidade; - insônia; - cefaléia;

A solução para a obesidade não é uso de remédios, mas primeiro descobrir as causas, para saber porque o metabolismo está lento, não conseguindo queimar gordura e isto pode estar em fatores físicos, emocionais ou psicológicos.

Além disso, pode haver desequilíbrios químicos cerebrais que impedem a sinalização na hora de parar de comer.

Veja algumas causas

- hereditariedade; - ansiedade, medo, insegurança; - solidão; - rejeição e ansiedade; - mal funcionamento do intestino; - desencanto na realização dos planos;

A obesidade pode ser banida com a mudança de hábitos:

- alimentação natural que deve vir acompanhado do conhecimento da eficácia desta, para melhor; convencimento a abandonar os vícios:

- não misturar líquidos com sólidos; - atenção ao bom funcionamento do intestino; - ingestão de cerca de 8 copos de água diários; - práticas de exercícios físicos; - exercitar a respiração; - ajuda de um bom psicoterapeuta; - procedimentos naturais para melhorar a circulação sanguínea e eliminar as toxinas.

Como disse o dr. Geraldo Medeiros em uma das suas entrevistas à imprensa, não existe remédios sem efeitos colaterais e cabe a cada um ficar atento que não são somente os remédios para obesidades que deveriam ser banidos, existem tantos outros perigosos e tão corriqueiros na farmácia doméstica como os antibióticos, anti-inflamatórios, betabloqueadores, etc. e são perigosíssimos todos aqueles à base de cortisona.

Temos 16 milhões de obesos no nosso país e se a ANVISA não atentar para os alimentos industrializados, em menos de 10 anos teremos o dobro de obesos. [Fonte]

______________

REEDUCAÇÃO MENTE & CORPO  - e-terapia
PROCESSO TERAPÊUTICO On Line

LIMPEZA - DESINTOXICAÇÃO - EMAGRECIMENTO - NUTRIÇÃO REJUVENESCIMENTO
Clique aqui depoimentos