Metamorfose

Dr. Bach: a doença como grande caminho...

Postado por Lena Rodriguez em sábado, junho 12, 2010 Em: Florais On Line


Cartaz do Artista Plático Al McAllister
www.soubem.com

Em 1917, quando tinha 31 anos e trabalhava nos Laboratórios do Hospital Universitário, em Londres, ele teve uma forte hemorragia digestiva, foi levado com urgência para uma cirurgia e lhe deram somente 3 meses de vida. Mas ele não aceitou o diagnóstico, porque sabia que tinha um papel a cumprir e que não teria tempo suficiente em três meses.

Neste período, ele lutou com toda Vida que tinha dentro de si e percebeu que quando se tem um forte propósito de vida e determinação, consegue-se vencer qualquer dificuldade e restabelecer a própria saúde.

Isto foi um sinal de que ele deveria mudar alguma coisa em seu modo de ver o mundo, porque sua energia não estava bem direcionada.

A partir daí, iniciou uma cobrança violenta por uma grande Transformação interna, para descobrir seu real papel pelo coletivo.

Ninguém recebe um nome por acaso

e o Dr. Bach teve que assumir o porquê de seu nome. Vamos as origens de Bach, o nome Bach vem do indo-europeu e tem dois significados:

a) Bagh – significa Fonte de Água, derivou Bagha = riacho e daí veio a palavra Bach do alemão = Fonte.

b) Bagh - em persa (uma das divisões do indo-europeu) significa Jardim. No início era o Jardim das Rosas, que é o mais parecido com o jardim do Éden (Paraíso). Portanto, Bach tem dois significados Jardim e Fonte.

Edward – vem de origem teutônica, significa ”aquele que precisa ser o guardião alerta de seus sentidos”. Ele teve que aprender a abrir os seus sentidos superiores (Intuição e Percepção). Quando entrou em seu Jardim Interno, vislumbrou e sentiu a essência de suas flores e bebeu a água da Fonte de Inspiração.

Somente quando ele começou seus trabalho interno, vencendo a Morte pela Transformação em Vida do seu próprio corpo), pôde começar o seu trabalho pelo coletivo, quando foi vencendo suas próprias barreiras individuais. Assumia sua individualidade, o que ele sempre enfatiza para que cada pessoa descubra e cumpra com seu Individual, que nunca imite ninguém, que o outro só nos sirva de Luz!


Fonte: Participando da vida com os Florais de Bach – Carmen Monari

 

*********

Lena Rodriguez

Terapia Floral

www.cuidebemdevoce.com

Em: Florais On Line 


Tags: dr. bach  florais on line  significado do nome bach  doença  caminho. 

Blog


"Dentro das linhas que o mantém prisioneiro estão apenas suas ideias e crenças. Fora dessas linhas estão suas novas ideias." LIBERTE-SE !!! Dra. Hulda

Traduzir Esta Página

A Terapeuta


Lena Rodriguez Acredito em tratamentos não agressivos e que vá na - causa - do problema que se apresenta, que por prática e vivência aprendi a perceber,que só se dá em nossa mente... O que nos faz cem por cento responsáveis por TODOS e TUDO a nossa volta, em nosso mundo. Acredito também, em terapias que estejam aliadas a processos de despertar, para que possamos sair desse circulo vicioso que infringimos a nós mesmos e cessarmos com a auto crucificação... A auto aceitação é imprescindível, assim como ser muito gentil consigo mesmo. Aceitar-se, não quer dizer resignarmos, mas sim que, podemos não estar satisfeitos na vida, por uma razão ou outra, não importa... Porém, temos escolhas... A partir do auto cuidado, tive por ideal de vida ser um elo de auxílio para que outros pudessem sentir o mesmo bem estar físico, mental, emocional e espiritual... Resumindo; um estar de bem com a vida = paz interior. Paz que conseguimos ao libertar nossa mente de programas e registros subconscientes. Sou grata à existência, a tudo que pude ter acesso para desvelar o EU que Realmente Sou... Gratidão, igualmente a todos que confiaram e confiam em meu trabalho nesses mais de 20 anos. Bençãos a todos!

Tags

 

 

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

 Coloque abaixo o assunto = palavra-chave

 

 

PSICOTRÓPICOS - O MARKETING DA LOUCURA   (Vídeos) aqui: http://terapiafloralon-line.blogspot.com.br/2013/04/psicotropicos-psiquiatria-o-marketing.html

A Comissão dos Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR) é um serviço de vigilância da saúde mental sem fins lucrativos, responsável por ajudar a aprovar mais de 150 leis que protegem os indivíduos de práticas abusivas ou coercivas. A CCHR há muito tempo que luta para restabelecer a base inalienável dos direitos humanos no campo da saúde mental, incluindo mas não se limita a, consentimento informado pleno sobre a plena legitimidade médica do diagnóstico psiquiátrico, os riscos de tratamentos psiquiátricos, o direito a todas as alternativas médicas disponíveis e o direito a recusar qualquer tratamento considerado prejudicial...   http://www.cchr.pt/

 

Postagens recentes

 



Crie um site gratuito com o Yola