Essa reação orgânica pode até ser positiva para o organismo. Saiba por que e como identificar os sinais.

O estresse é uma reação do organismo com componentes psicológicos, físicos e hormonais. Ele ocorre quando surge a necessidade de uma grande adaptação a um evento ou uma situação de importância.

Porém, em sua primeira fase, o estresse pode ser positivo para o organismo. Ele acentua nosso nível de atenção e de produtividade. Contudo, ninguém consegue permanecer alerta por muito tempo e isso desencadeia as duas fases seguintes e nocivas.

Sintomas mudam de acordo com a fase

Para saber como aproveitar a fase inicial do estresse e quando você deve diminuir o ritmo, é importante conhecer os sintomas de cada etapa da reação do organismo. Veja abaixo:

Fase inicial – é considerada positiva, pois o organismo produz substâncias que dão ânimo, vigor e energia. Os sintomas são:

  • Taquicardia

  • Sudorese excessiva

  • Tensão muscular

  • Boca seca

  • Sensação de alerta.

Segunda fase – ocorre quando há um exagero em relação a fase inicial. A partir deste ponto, o estresse se torna nocivo à saúde. Ele é marcado por:

  • Sensações de desgaste generalizado

  • Dificuldade de memória.

Fase de exaustão – um aprofundamento da segunda fase, pode trazer riscos sérios a saúde e desencadear doenças graves. Veja as características:
Psicológicos e emocionais

  • Falta de energia e de concentração

  • Incapacidade de trabalhar

  • Falta de vontade para participar de atividades usuais

  • Irritação

  • Ansiedade

  • Predisposição a acidentes

  • Perda de interesse por sexo

  • Fumo ou aumento do consumo de álcool ou tóxicos

  • Comer demais ou perda do apetite.

Físicos

  • Sensação de tontura ou fraqueza

  • Dores de cabeça, incluindo enxaqueca

  • Ranger de dentes

  • Transpiração excessiva

  • Necessidade urgente de urinar

  • Dor ou tensão no pescoço

  • Palpitações cardíacas

  • Dores de estômago

  • Diarréias

  • Prisão de ventre

  • Náuseas

  • Problemas dermatológicos

  • Tiques

  • Tremores das mãos

  • Irregularidades menstruais

  • Roer as unhas

  • Morder os lábios

Fonte

*********

Terapia Floral, Equilibrando, Harmonizando o que não vai bem em você!

Lena Rodriguez

www.cuidebemdevoce.com