A gordura  localizada, principalmente na região da barriga, deve servir de alerta para doenças cardiovasculares.

Um estudo que vem sendo realizado por pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e do Instituto do Coração (Incor) da Universidade de São Paulo (USP) apontou que o indivíduo barrigudo tem mais chances de sofrer de infarto ou outra patologia ligada ao coração.

O médico geriatra e professor da disciplina de Geriatria da UEL, Marcos Cabrera, explica que a pesquisa vem sendo realizada há oito anos, com um grupo de pessoas acima de 60 anos.

Ele destacou que a obesidade global é um fator de risco para problemas no coração, porém quando a gordura é localizada, o risco é maior.

O pesquisador comenta que a inconveniente barriguinha geralmente aparece nos homens a partir dos 30 anos e nas mulheres acima dos 40 anos.

O crescimento da região abdominal, diz Cabrera, é próprio do envelhecimento do ser humano, que com o passar do tempo, ingere mais alimentos e gasta menos energia.

Porém hábitos de vida e alimentação podem contribuir para isso. “O ideal é praticar exercícios físicos e ingerir alimentos com menos açúcar e gorduras”, falou.

O geriatra diz que devem ficar em alerta as mulheres que têm uma circunferência abdominal acima de 88 centímetros, e homens com mais de 90 centímetros.

Mudança

A chamada “barriguinha de cerveja”, diz o especialista, não passa de um mito, já que não é só a bebida que contribui para o aumento da barriga.

“Claro que ela tem sua participação, pois a cerveja possui mais de 500 calorias”, disse.

Outro mito é dizer que é comum engordar depois do casamento.

“Isso geralmente acontece porque as pessoas passam dos 30 anos, idade em que o corpo começa a envelhecer”, explicou.

A lipoaspiração não é um método eficaz para reduzir a barriga, pois nesse processo é aspirada a gordura periférica, e não a que fica próxima das vísceras.

“A lipo só resolve para os pneuzinhos e não para abdome aumentado”, disse.

O mesmo vale para exercícios abdominais, que segundo o médico só fortalece os músculos e não diminui a barriga.

Medicina Integrativa

 

Cuide bem de você...

Gordura abdominal > http://www.cuidebemdevoce.com/e-book-desintoxica%C3%A7%C3%A3o-etc.php