Um tópico sobre Inveja > meu comentário...

Para mim, inveja , ciúme, mágoa, ressentimento... Apenas facetas de nossa limitada visão =memórias, cujo sinônimo é medo... fundamentado em nossas crenças de que somos separamos e que requer limpeza incessante a cada surgimento... Sinto muito, me perdoe, me perdoe, me perdoe.

Divino Criador, limpe em mim, em todos nós, as memórias que compartilhamos de medo em todos os seus aspectos e as transmute em pura luz! Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grata.

Lena Rodriguez

Entre outros, Catharina comenta:

Ai gente, eu não me preocuparia tanto em saber o que é o sentimento, se é inveja, se é ciúmes, o importante é limpar... limpando apenas e pedindo ao divino que nos ajude a "aposentar" esses sentimentos...
Não precisamos fazer análise alguma sobre os sentimentos dos outros nem os nossos... apenas limpar e limpar!
Sou grata pelo depoimento, pois me ajudou a limpar sentimentos parecidos com o seu... Também me vejo nessa situação em várias ocasiões... até mesmo quando vejo um carrão lindo na rua... é limpando que agente se vê livre disso e daí as coisas boas vão aparecendo por conseqüência...

Engraçado que estou utilizando um pensamento para me ver livre de alguns sentimentos ruins:

Eu penso: SOMOS TODOS UM, PORQUE VOU SENTIR RAIVA, INVEJA, CIUMES, RESSENTIMENTO, MAGOA DESTA PESSOA SE EU SOU PARTE DELA E ELA DE MIM POR MEIO DO DIVINO? SOMOS TODOS UM!

Assim que penso isso parece que algo acontece e bloqueio todos sentimentos ruins, é instantâneo o sentimento bom e de paz que vem acompanhado por essa frase... pelo menos por alguns momentos...

Não sei se isso ajuda a vcs, mas pra mim funciona que é uma beleza!!!

SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATA!!!

Ana Maria comenta sobre a postagem e conta-nos sua linda estória sobre uma nova percepção a partir de uma árvore:

Querida menina Catharina!

quanta sabedoria vc expressou em tão poucas palavras, aprendi muito com vc, agora, acredite!
Aliás, tenho aprendido lições importantes aqui no fórum, com tudo que leio, fico bastante tempo meditando sobre e limpando também, que é o nosso propósito.

Sobre o que vc escreveu me lembrei da estória da árvore que fica na casa ao lado da minha, aqui na região chamam de "amarelinhas”, de agosto a outubro ela perde toneladas de folhinhas miudinhas e depois a florada, cachos lindos amarelos, mas também miudinhas as flores.

Desde que nos mudamos para essa casa, declarei guerra a coitada da arvore porque na minha neurose de limpeza eu só consegui enxergar a sujeira que as folhas fazem na garagem, na calçada, no quintal, ela é espaçosa na hora de soltar as folhinhas, espalha tudo.

Durante um bom tempo, foi só stress na época das trocas de folhas e flores, até que um dia, caiu a ficha, até dei boas risadas da minha ridícula briga com ela, juntei as folhas e usei no canteiro de flores, mas a lição maior foi entender que ela não me conhece, não toma conhecimento da minha raiva com a sujeira, ela apenas é não tem nenhuma intenção de me ofender, não há intenção, essa foi a grande lição.

Sabe que comecei a usar essa imagem com as pessoas, elas estão apenas soltando suas folhas (memórias) somos todos galhos da mesma árvore, soltando nossas folhinhas, e flores também, mas memórias, assim ficou muito fácil não levar nada pro lado pessoal, consigo tirar o peso da intenção do outro, aliás, nem me preocupo mais com isso.

Acho interessante como vamos, mudando nossa perspectiva com o Ho´oponopono, descobrindo ferramentas internas para ajudar essa mudança e manter o equilíbrio, isso não é magnífico? na minha opinião é algo sem preço, até hoje nada tinha dado jeito nas minhas neuras!!!!!!!!

A minha única tarefa com a arvore agora é limpar as folhas e flores, agradecer pelo esterco grátis ao meu jardim de margaridas que adoro, e limpar sempre, como fazemos aqui.

Cada post, depoimento, palavras, seja o que for, que importa que nome tenha?

São folhinhas caindo, memórias, a serem limpas, incessantemente, quanto mais, melhor, mais espaço para as inspirações, como a sua, e de todos aqui.
Grata por suas lindas palavras, grata a Sheila por esse tópico, aprendi muito com ele, grata por todos os depoimentos, grata por poder limpar enquanto estamos a caminho, todos.
Sou grata, amo vcs.
Amo minha arvore vizinha, que me ensinou uma das maiores lições de vida, e me curou de uma neura.
Grata ao Ho´oponopono que nos devolve à sanidade, com a limpeza incessante.
Abraços
Ana Maria

Fonte