“Na verdade, é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um homem de mentalidade científica atravessar uma porta. E, quer se trate da porta de um estábulo ou de uma igreja, ele talvez agisse de forma mais sensata se, em lugar de esperar até que todas as dificuldades envolvidas num ingresso realmente científico estivessem resolvidas, ele em vez disso concordasse em ser um homem comum e entrasse.” Sir Arthur Edington

Realmente não tem palavras introdutórias melhores para descrever o Dr. Richard Gerber, autor do livro Medicina Vibracional, que não apenas nos ajudou a passar pela porta que nos leva à compreensão e à aceitação da medicina vibracional como também inspeciona o seu vão...

 

Os seres humanos são sistemas dinâmicos de energia que refletem os padrões evolutivos do crescimento da alma. A consciência humana está constantemente aprendendo, evoluindo e se desenvolvendo. À medida que a percepção espiritual desse processo dinâmico de mudança se torna mais disseminado, haverá uma reação em cadeia que transformará toda a espécie humana.

De maneira geral, a maioria das pessoas procura os médicos para tratar de suas doenças e não reflete sobre a necessidade delas próprias modificarem o seu modo de viver e os seus ponto de vista. A interação médico-paciente só contribui para a cura de ambos na medida em que houver uma cooperação mútua e uma maior consciência por parte de ambos. As pessoas precisam assumir a responsabilidade pelo que acontece em suas vidas e isso deve acontecer, em parte, por causa dos conselhos de seus médicos.

As doenças que nos afligem podem muitas vezes refletir de forma simbólica os nossos estados internos de intranqüilidade emocional, bloqueio espiritual e desassossego. Embora existam também a influência de fatores externos que produzem efeitos negativos, esses efeitos só conseguem produzir doenças quando há uma suscetibilidade subjacente. Nossos componentes energéticos sutis, ou seja, os chacras e o sistema de meridianos, transformam nosso problemas emocionais e espirituais em debilidades fisiológicas que eventualmente podem produzir um dano localizado num sistema do corpo físico, isto é, podem produzir doenças.

Quando a doença se manifesta, isto é um sinal de que estamos restringindo o fluxo natural da consicência criativa e das energias vitais sutis através de nossos complexos multidimensionais formados pelo corpo/mente/espírito. Trata-se de uma mensagem simbólica de advertência indicando que há algo de errado com o sistema. A área de constrição precisa ser reequilibrada para que se possa alcançar um estado permanente de boa saúde.

Muitas das questões emocionais e espirituais básicas que os seres humanos estão tentando enfrentar refletem as  lições fundamentais dos chacras. Essas questões que dizem respeito aos chacras se referem à ligação com a terra, à sexualidade, ao controle do indivíduo sobre sua própria vida, sobre o amor, à vontade, à expressão criativa, à visão interior e à busca espiritual.

Quando uma pessoa tem um bloqueio relacionado com uma dessas questões fundamentais da vida, o resultado pode ser uma interrupção do fluxo de energia para o grande chacra correspondente e, portanto, uma diminuição do fluxo de energia vital para o(s) sistema(s) de órgãos correspondente(s). Esses bloqueios podem eventualmente se manifestar na forma de doenças, se o problema se torna crônico, constituem uma importante experiência de aprendizado para a personalidade encarnante.

Nenhuma dessas questões relacionadas com os chacras é mais importante do que a lição do chacra do coração, visto que esta envolve a capacidade do indivíduo manifestar livremente amor por si mesmo e pelos outros, sejam eles pessoas conhecidas ou estranhos. As transformações pessoais e espirituais dependem, em última análise, da abertura do chacra do coração.

O medo e a discórdia são as causas originais de boa parte das doenças, das inquietações e do sofrimento que existe no mundo. Quando estamos operando nos níveis inferiores de nossa consciência, não enxergamos os nossos temores e os projetamos sobre o mundo, quando o problema na verdade está dentro de nós mesmos. Para curar esses temores, a pessoa precisa eliminar os bloqueios do chacra do coração e dar mais espaço em sua vida para o amor e perdão. Quando abrimos o chacra do coração e as energias espirituais superiores passam a fluir com mais facilidade através do organismo, esta tranformação age como um catalizador para curar, não apenas a nós mesmos, mas também aqueles que nos rodeiam...

*********

Vale lembrar que todas as Essências Vibracionais são para o coração e todo o sistema energético que o envolve.

Sou grata pela benção dessas gotas de puro amor em meu caminho!

Lena Rodriguez