A pele no corpo humano cumpre muitas funções, das quais as mais importantes são as seguintes: separação e proteção, toque e contato, expressão e manifestação, sexualidade, respiração, eliminação (suor) e regularização da temperatura... leia aqui  


“A Psoríase, uma das doenças mais comuns, devido à forma como se manifesta, pode lembrar uma couraça (comparada com a carapaça dura de certos animais) que pode indicar que o sentido protetor da pele se transmuta em função de armadura, quando “a pessoa cria limites em todas as direções, não deixando entrar nem sair nada". Palavras de Thorwald Dethlefsen e Rudiger Dahlke, autores do livro “A Doença Como Caminho”.


O psiquiatra Wilhelm  Reich chamava de “armadura de caráter” mostrando que “por trás de toda a forma de defesa existe o medo de ser ferido”. Em um nível subconsciente pode significar “medo de se machucar”, "delimitação”, isolamento”, ou até negação do prazer. 


Os Florais constituem um método alternativo de tratamento usado largamente na terapêutica de várias patologias em muitos países do mundo. São considerados como instrumentos de cura suaves, sutis, profundos, vibracionais, com uso reconhecido em mais de 50 países e aprovados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde 1956 (Mantle, 1997). Embora o mecanismo de ação dos Florais ainda não tenha sido elucidado, eles vêm sendo indicados para o tratamento de várias doenças, como as neuropsiquiátricas com resultados positivos (Souza, 2006; Duarte Zamora, 2006).


Dr. Bach, médico alopata, depois homeopata especializado na pesquisa em bacteriologia no Hospital Homeopático de Londres, um dos maiores nomes da medicina Floral, concluiu que a origem de qualquer doença deve ser investigada no âmbito das manifestações emocionais prévias. Estes desvios emocionais são provavelmente o alvo de atuação dos florais (Souza, 2006 apud Leary, 1999).


Em minha prática terapêutica não vejo como nos curarmos, seja de que doença ou transtorno for, sem antes estarmos decididos a ir na causa do que nos aflige. A Terapia Floral cumpre amorosamente esse papel.


Lena Rodriguez

www.cuidebemdevoce.com