Seu nome soa como holy = sagrado, e não se trata de simples coincidência.

Considerado o mais importante na escala de valores vibracionais e por que não, o cerne de nossos registros, memórias subconscientes = SEPARATIVIDADE.

Há crenças subconscientes crenças de que somos separados da Fonte Criadora...

O Floral Holly do sistema Bach* encarna o princípio do amor divino, que tudo abrange, amor que nos mantém a todos... Esse amor, essa qualidade mais alta de energia, através da qual e no qual vivemos todos, o maior dos poderes curativos e a mais vigorosa força motriz. Holly, portanto assume uma posição central entre os 38 florais do Dr. Bach.

Se esse grande poder de amor não obtiver aceitação, transformar-se-á no oposto: negação, separação e ódio. Esta é a causa mais profunda de todos os outros acontecimentos negativos da vida. Os padrões emocionais desviados de sua natural virtude são: inveja, ciúme, ódio.

Holly é a essência do Amor e aceitação. É a essência da aceitação da vida e de todos os processos que estamos passando. O problema de Holly é do eu com o mundo, porque ele acha que tudo de ruim está acontecendo com ele, isto tudo porque seu coração está bloqueado à corrente do Amor.

Muitas vezes não sentimos a raiva ou o ódio, mas lutamos “contra a vida”, nós impedimos a vida de fluir. Se não aceitamos as mudanças que nos são apresentadas, estamos contra a vida e ai bloqueamos o Amor dentro de nós. É preciso aceitar a transformação do que não gostamos em nós e em nossa vida. Nesse processo “do contra”, podemos reagir com raiva, dor, indiferença, febre, tudo o que é contra. Este estado bloqueia o Amor de fluir no eu.

Holly é uma essência do AMOR e da aceitação da vida e de todos os processos que passamos... O problema do Holly é do eu com o mundo. Porque ele acha que tudo de ruim que está acontecendo só com ele, isto porque seu coração está bloqueado à corrente do AMOR...

Nas palavras do Dr. Edward Bach sobre este floral: Holly nos protege de tudo o que não é o Amor Universal. Holly abre o coração e nos une ao Amor Divino.”

A qualidade com que este floral nos preenche a alma é o estado humano ideal, a meta por escolhermos estarmos bem diante do que é feio e no que é mau e ansiar por curar em nós tais programas, fluindo com a corrente do amor, vivendo em estado de graça, com o coração aberto, ver a todos como nossos espelhos, pois enquanto houver crenças/programas subconscientes, só visualizaremos no outro, no mundo,  o que há dentro de nós!

Lena Rodriguez

_____________


Cuide bem de você... www.cuidebemdevoce.com