O DIABETES MELLITUS DO TIPO 2 (DM 2) representa cerca de 90 a 95% dos casos de diabetes mellitus diagnosticados. Ele é uma desordem metabólica de etiologia múltipla, caracterizada por hiperglicemia crônica, com distúrbios no metabolismo dos carboidratos, gorduras e proteínas, originários de uma defeituosa secreção e/ou ação da insulina nos tecidos-alvo (1).

Os pacientes portadores de DM 2 apresentam mortalidade três vezes maior do que a população em geral, em grande parte devido ...

Continuar lendo...