Metamorfose

Vergonha

Postado por Lena Rodriguez em terça, setembro 4, 2012 Em: florais de bach
 

– do Latim verecundia, “respeito, pudor, timidez”.


A vergonha é um sentimento doloroso sobre alguém enquanto pessoa. É uma condição psicológica e uma forma de controle seja ele; religioso, político, judicial e social, consistindo de ideias, estados emocionais, fisiológicos  e um conjunto de comportamentos, induzidos pelo conhecimento ou consciência de desonra, desgraça ou condenação.

"Emoção que nos deixa saber que somos finitos.” (conceitualização da vergonha pelo terapeuta John Bradshaw)

O estado de vergonha está intimamente ligado a timidez. Normalmente se sentem, socialmente prejudicados pela timidez (que pode ser excessiva), sem estímulo e fraca ou nenhuma expressão pessoal. Com uma personalidade  introvertida e regra geral “ausentes”.

Porém, a timidez está ligada ao orgulho, procure perceber como a questão orgulho afeta o tímido. Via de regra, é uma pessoa que intimamente tem uma estrutura rígida, com alto padrão de excelência e, acima de tudo, não admite que possa errar.

Seu orgulho, que pode estar perfeitamente sob outras construções psíquicas, pode ser muito ferido, se ele tiver uma atitude “incorreta”. Então, essas pessoas preferem se retrair, por medo de errar, de expor uma eventual falha.

Como Ego 4 do Eneagrama, a conheci muito de perto e o movimento negativo ao Ego 2 (Orgulho), o padrão de excelência era muito forte... Aí coloca-se uma Lua Natal em Leão (emocional, hábitos, entre outras coisas) e haja trabalho interno para desfazer todas essas crenças cheias de equívocos, programas/registros que só leva à julgamento e dor, enfim, “atrasos” no caminho... Para, finalmente descobrir no movimento negativo ao Ego 1= (controle)...  Porém, em sua Essência > Perfeição... Perfeição esta que sou, todos somos, apenas era necessário a experiência, ilusoriamente humana, para descobrir que, minha Real Origem é Perfeita!

Lena Rodriguez

_____________

Cuide bem de você... www.cuidebemdevoce.com

Em: florais de bach 


Tags: vergonha  "medo de errar"  orgulho  "terapia floral on line"   

Blog


"Dentro das linhas que o mantém prisioneiro estão apenas suas ideias e crenças. Fora dessas linhas estão suas novas ideias." LIBERTE-SE !!! Dra. Hulda

Traduzir Esta Página

A Terapeuta


Lena Rodriguez Acredito em tratamentos não agressivos e que vá na - causa - do problema que se apresenta, que por prática e vivência aprendi a perceber,que só se dá em nossa mente... O que nos faz cem por cento responsáveis por TODOS e TUDO a nossa volta, em nosso mundo. Acredito também, em terapias que estejam aliadas a processos de despertar, para que possamos sair desse circulo vicioso que infringimos a nós mesmos e cessarmos com a auto crucificação... A auto aceitação é imprescindível, assim como ser muito gentil consigo mesmo. Aceitar-se, não quer dizer resignarmos, mas sim que, podemos não estar satisfeitos na vida, por uma razão ou outra, não importa... Porém, temos escolhas... A partir do auto cuidado, tive por ideal de vida ser um elo de auxílio para que outros pudessem sentir o mesmo bem estar físico, mental, emocional e espiritual... Resumindo; um estar de bem com a vida = paz interior. Paz que conseguimos ao libertar nossa mente de programas e registros subconscientes. Sou grata à existência, a tudo que pude ter acesso para desvelar o EU que Realmente Sou... Gratidão, igualmente a todos que confiaram e confiam em meu trabalho nesses mais de 20 anos. Bençãos a todos!

Tags

 

 

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

 Coloque abaixo o assunto = palavra-chave

 

 

PSICOTRÓPICOS - O MARKETING DA LOUCURA   (Vídeos) aqui: http://terapiafloralon-line.blogspot.com.br/2013/04/psicotropicos-psiquiatria-o-marketing.html

A Comissão dos Cidadãos para os Direitos Humanos (CCHR) é um serviço de vigilância da saúde mental sem fins lucrativos, responsável por ajudar a aprovar mais de 150 leis que protegem os indivíduos de práticas abusivas ou coercivas. A CCHR há muito tempo que luta para restabelecer a base inalienável dos direitos humanos no campo da saúde mental, incluindo mas não se limita a, consentimento informado pleno sobre a plena legitimidade médica do diagnóstico psiquiátrico, os riscos de tratamentos psiquiátricos, o direito a todas as alternativas médicas disponíveis e o direito a recusar qualquer tratamento considerado prejudicial...   http://www.cchr.pt/

 

Postagens recentes

 



Crie um site gratuito com o Yola