O Dr Bach desafiou a visão prevalecente em sua época, visão esta ainda preponderante nos tempos de hoje. Esta visão é a crença materialista de que a cura está relacionada apenas à doença física, e ao alivio ou eliminação de tais sintomas.

No seu tratado: Cura-te a ti mesmo, Dr Bach declara “A doença em essência é o resultado do conflito entre a Alma e a Mente, e nunca será erradicada a não ser através de um esforço espiritual e mental”.

Sua devoção à medicina, ao longo de toda uma vida, fez com que ele chegasse ao entendimento de que a cura está essencialmente ligada ao sentimento de alma de ter uma vida significativa e cheia de propósito, especialmente no que se refere à nossa capacidade de amar e servir aos outros em liberdade.

Ele nos ensinou que precisamos limpar a paisagem interior da alma do medo, ansiedade, raiva, desespero, stress e obsessão mental, para que as verdadeiras flores da alma possam florescer.

Dr Bach foi um pioneiro em trazer para a nossa atenção a realidade sagrada da alma - ele foi um dos primeiros, junto com outros tão importantes que vieram um pouco mais adiante no tempo, como o Dr Carl Jung, que focalizaram a nossa consciência na realidade da alma para que nós não nos deixássemos obscurecer por uma percepção puramente materialista.   

(Patricia Kaminski and Richard Katz from the Flower Essence Society, June 2006.- Fonte

*****

*****
Lena Rodriguez
WWW.CUIDEBEMDEVOCE.COM