FITOENERGÉTICA

FITO > (erva) / ENERGIA > (vibração)

Fitoenergética: é um método progressivo de cura onde as propriedades ocultas das energias (não físicas) de uma planta, que estão em estado potencial “adormecido”, são “despertadas” por meio de uma técnica vibracional específica e após são introduzidas em um meio líquido, como óleo, água etc. Esta energia potencializada irá atuar no campo de vibração (aura) da pessoa, induzindo, deste modo, a curar os padrões que criam bloqueios ou doenças espirituais, mentais, emocionais e físicas. (Não se trata aqui do princípio ativo químico da planta, mas sim de seu campo energético sutil atuando no campo energético sutil da pessoa).

Contato

 


ABAIXO


 

Lista das PLANTAS e suas

propriedades

FITOENERGÉTICAS



por Bruno J. Gimenes

A Fitoenergética difere da fitoterapia no sentido de que esta atua somente no corpo físico, por meio de seus elementos químicos, enquanto que a fitoenergética, além do corpo físico, age também na anatomia sutil dos seres vivos. A fitoenergética, que é a propriedade curativa oculta de um vegetal (ervas) após este ter sido potencializado por meio de uma técnica vibracional específica e colocado em um meio líquido, como a água, o álcool ou o óleo.

Como exemplo para melhor entendimento, o boldo-do-chile, que age no 3º chakra e tem como funções fitoenergéticas: equilibrar o excesso de ego, possibilitar posturas saudáveis em todas as situações da vida, limpar sofrimentos reprimidos, eliminar automartírio e autorepressão, bloquear a penetração de energias densas e equilibrar o excesso de expansão da consciência ; ou a carqueja, que atua no 4º chakra e cujas funções são: agir contra doenças do coração, trazer tolerância, limpar o sentimento de solidão, atuar contra o sentimento de possessividade, o egocentrismo e o narcisismo. Em casos de câncer de pulmão e esôfago, úlcera e gastrite, ela eleva a imunidade energética.

Estes compostos podem ser feitos para serem ingeridos na forma de chás feitos com ervas secas ou frescas; na forma de óleos, passados no corpo todo ou em partes do corpo que apresentam algum distúrbio; com massagens e outros procedimentos que envolvem o uso de óleo, ou ainda, como pós-banho; em spray, feitos com álcool de cereais e água, para ambientes, animais ou para tratar até as próprias plantas e na forma de essências, para serem tomadas em gotas.

Um resumo por Ana Ramos

O que é Fitoenergética?

É um sistema natural de cura, equilíbrio e elevação da consciência que, através da energia das plantas (Fitoenergia), ajuda os seres vivos no equilíbrio das emoções e3 pensamentos que, quando estão em desequilíbrio, são os reais causadores das doenças. É uma terapia que proporciona a elevação da consciência e do discernimento, estimulando profundos sentimentos antiegoísmo.

Qual a concepção básica desse sistema natural?

A Fitoenergética atua com a concepção básica de que os vegetais possuem um campo de energia com a capacidade de gerar influência sobre a anatomia sutil dos seres vivos. Busca compreender como essa influência pode atuar positivamente no campo energético de cada ser vivo, agindo nas causas geradoras das doenças.

O que é a Fitoenergia?

É o tipo de energia que as plantas fornecem, com a característica de ser elevada, sutil, celeste, portanto, com as propriedades vitalizantes para o corpo e para a alma. A Fitoenergia apresenta um padrão vibratório amplamente curativo  amoroso, peculiar das esferas mais evoluídas dos planos superiores.

Quanto tempo se demora para a obtenção dos resultados quando as doenças são tratadas com a Fitoenergética?

Para que os efeitos da cura energética profunda possam ocorrer, é necessário persistência, ou seja, uso contínuo dos preparados vegetais. A recomendação é que, ao final do tratamento energético, a pessoa faça uma avaliação da situação em relação à condição inicial e modifique o tratamento de acordo com os novos sintomas. Acima de tudo, porém, deve fazê-lo continuamente, até perceber que as características negativas iniciais foram removida. Lembre-se que o campo energético da pessoa está sendo vitalizado e a vibração equilibrada. Com isso, algumas pessoas têm benefícios fabulosos em minutos, outras em dias e até meses, tudo vai depender da dedicação, da disciplina e do nível do comprometimento físico.

Manter o tratamento até que os sintomas sejam removidos, no caso de uma doença já instalada. Quando não há doença, o uso gera imunidade energética capaz de criar uma excelente condição de bem-estar físico, mental, emocional e espiritual. Por isso o uso contínuo é indicado como preventivo de grande eficiência, além de ser ótimo auxiliar na expansão da consciência e evolução pessoal.

Qual a diferença de um remédio alopático feito em laboratórios farmacêuticos, e um preparado natural, feito com as técnicas da Fitoenergética?

A propriedade medicinal de uma planta não é só o resultado de uma composição química, mas também de sua vibração energética. Quando os princípios ativos das plantas são isolados e sintetizados nos laboratórios, a vibração energética dessas plantas não está presente. Portanto, o remédio tradicional alopático não apresenta frequência de vibração que a planta teria originalmente, e isso é uma perda substancial. Além disso, os medicamentos alopáticos são administrados para compensar as deficiências, e isso não trata a causa. Já um preparado fitoenergético atuará sempre estimulando a produção interna dessas substâncias essenciais ao organismo, e não simplesmente repondo-as de forma artificial.

Por que os resultados obtidos com os preparados da Fitoenergética são eficientes?

Porque atuam na causa que originou o problema. Se a origem foi mental, ele atuará no âmbito mental; se foi no físico, atua em todos; se foi no emocional, atuará no emocional, ou seja, atua em todos os aspectos do ser e isso faz a grande diferença. Quando a pessoa apresenta um problema de ordem física, a chance do problema ter origem no emocional e mental é muito grande. Esses aspectos devem ser trabalhados também, e isso é possível através da Fitoenergética.

Então a Fitoenergética pode substituir o uso dos remédios convencionais?

Jamais. Nunca interrompa o uso de medicamentos. Use a Fitoenergética de forma complementar. Quando sentir resultados evidentes, procure seu médico. Só ele poderá autorizar a suspensão dos medicamentos do seu tratamento. Com o uso constante fitoenergéticos, é comum o indivíduo apresentar uma melhora gradativa, e isso pode leva-lo a interromper o uso da medicação convencional. Mas isso só poderá ser feito depois de uma avaliação de um especialista, para a constatação da melhora dos sintomas e suspensão do uso da medicação. Isso também acontece quando a pessoa faz uso de outras terapias alternativas. Sempre que possível, combine o uso de diversas técnicas. Os resultados podem ser surpreendentes.


Os tratamentos fitoenergéticos podem curar doenças ou padrões negativos que sejam provenientes de vidas passadas?

Sim, um tratamento fitoenergético feito adequadamente podem reverter comportamentos ou doenças que tenham sua origem em outras vivências, principalmente graças à ação dos vegetais condutores que atuam diretamente nos registros akhásicos do indivíduo.

 

por Bruno J. Gimenes > escritor, professor, palestrante que atua desde 2003. Bacharel em Química Industrial, Técnico em Química, Black Belt em Seis Sigma. Formação em Psicoterapia Reencarcionista, Mestrado em Reiki, entre outras áreas das curas vibracionais.

Gráfico do livro: Medicina Vibracional - Dr. Richard Gerber 

“No diagrama acima, as flechas e linhas cheias mais escuras indicam o espectro de áreas nas quais cada remédio vibracional produz seus efeitos com mais intensidade. Conforme foi indicado, várias essências florais podem influenciar fortemente todos os níveis do sistema multidimensional humano, desde os níveis físico/molecular até os níveis sutis superiores e o nível da alma. As linhas e flechas tracejadas do diagrama indicam efeitos significativos de remédios e elixires específicos em níveis energéticos superiores, onde seus efeitos talvez sejam menos intensos. Os remédios homeopáticos mais comuns, por exemplo, operam intensamente no nível dos campos físico/molecular e biomagnético do corpo. Entretanto, muitos remédios homeopáticos podem influenciar níveis superiores, como os chakras e os corpos sutis, ainda que com menos frequência e de forma menos eficaz do que outras modalidades terapêuticas. Além do mais, determinados elixires de pedras preciosas (e remédios homeopáticos) têm a capacidade de influenciar o corpo causal e os corpos espirituais superiores. Assim, a diferença entre os níveis de atuação energética dos remédios homeopáticos, elixires de pedras preciosas e essências florais é menos precisa do que o diagrama poderia sugerir.

O diagrama nos dá uma ideia dos níveis energéticos nos quais vários remédios e essências vibracionais comumente usados produzem efeito. Deve-se ter em mente que determinados remédios homeopáticos e elixires de pedras preciosas talvez tenham a capacidade de produzir efeitos mais intensos sobre os níveis sutis superiores do que o diagrama à primeira vista poderia sugerir. Talvez seja injusto comparar esses remédios vibracionais quanto à sua eficácia nos diversos níveis da função humana porque cada modalidade diferente tem a capacidade de produzir extraordinárias influências curativas sobre uma variedade de doenças físicas e psicoespirituais.* A análise do nível energético de influência é apresentada mais pelo seu valor didático do que pela sua aplicabilidade a cada essência ou remédio considerado isoladamente.” (Medicina Vibracional-Dr. Richard Gerber)

*Realmente talvez seja injusto, visto o caso/estado dessa cachorrinha que atendi: http://tinyurl.com/huzlxhm

*Nível de ação dos FITOENERGÉTICOS avaliado por mim Lena Rodriguez através da Radiestesia.

As propriedades energéticas contidas na relação das plantas abaixo somente terão efeito quando formuladas em um composto de várias plantas, pois algumas delas têm o caráter energético de nivelar a energia das demais; outras, o de conduzir a energia para um determinado chakra; outras ainda, são indicadas para afecções já instaladas no corpo físico etc.   algumas têm polaridade  yang e outras yin, por isso é preciso que o composto fitoenergético seja feito de forma que fique equilibrado dentro das características que os vegetais oferecem.

Fonte: Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma – Bruno J. Gimenes

 VEGETAIS PUROS E FÍSICOS

VEGETAIS PUROS, atuam nos corpos de energia, através dos chacras, modificando a vibração e desprogramando a doença. VEGETAIS FÍSICOS, eliminam os sintomas e reações da doença que já está instalada no corpo físico.

1.Açoita-Cavalo (luehea divaricata): permite a conexão com o Divino; respeitar o Divino; ver a verdade sobre a vida; aceitar a presença de outros planos espirituais; compreender e não temer a morte; conviver com Deus no coração; aprender a conviver com outras pessoas. Elimina o astigmatismo; ajuda a enxergar o que está nas “entrelinhas” e aumenta a percepção sobre a vida.

2.Alcachofra (Cynara scolymus): elimina mágoas do passado, tensão emocional e efeitos da quimioterapia; ajuda a dar limites na vida; ter paciência e estar tranquilo; gera vitalidade.

3.Alcarávia (Carum carvi): favorece o zelo por princípios e valores; incentiva a pessoa a acreditar na justiça divina, planejar a vida com tranquilidade, ter coragem para agir, sentir segurança na vida que leva, não se subestimar, ter gratidão pela vida e prazer em viver; elimina apegos.

4.Alecrim (Rosmarinus officinalis): acessa os registros akáshicos; libera traumas, medos e outros aspectos negativos registrados no ser, que estão “adormecidos”; gera vontade de mudar e conhecer o novo; incentiva a pessoa a ter sabedoria para viver e amar.

5.Alfazema (Lavandula angustifolia): incentiva a esperar a hora certa para dizer as coisas, a economizar com equilíbrio em qualquer aspecto; gera paz interior; completa o “Eu” interior; favorece a lida com muitas coisas ao mesmo tempo sem gerar estresse; ajuda a planejar bem o futuro, criar visão estratégica da vida, ter empreendedorismo, não julgar o próximo, respeitar os limites das outras pessoas.

6.Amora-Branca (Morus alba): reduz vertigens, tonturas e calorões da menopausa; equilibra o humor em todos os processos de alterações hormonais na adolescência e na maturidade, como TPM (tensão pré-menstrual) e menopausa; cria vitalidade energética para estimular o corpo a produzir substâncias naturais do organismo que com o avanço da idade ficam escassas e necessitam ser repostas.

7.Angélica-Nacional (Hedychium coranarium): ajuda a pessoa a se desprender do materialismo, vencer medos, desapegar-se das estruturas materiais que a prendem apenas pela necessidade de sobrevivência. Com isso, estimula a pessoa a ter forças para vencer os desafios e fazer aquilo que ama sem se sentir dependente de nada. Cria a capacidade de tornar-se independente e livre.

8.Anis-Estrelado (Ilicuim verum): acalma o excesso de masculinidade, agressividade e violência. Reduz o efeito “pavio curto” (pessoa explosiva e irritada) e a falta de tolerância, reduz a hiperatividade e o estresse físico.

9.Arruda (Ruta graveolens): é um dos maiores termômetros de ambientes, pois a arruda quando plantada indica a qualidade da energia local, que pode ser medida pela vitalidade da planta. Não vai bem na presença de pessoas não realizadas ou frustradas. Já quando utilizada nos compostos fitoenergéticos, ajuda a liberar o choro reprimido e a tristeza interiorizada. Traz força para superar os desejos não realizados; elimina a frustração e o sentimento de fracasso; ajuda a limpar traumas e insatisfações que tornam a pessoa amarga, reclamona e chata.

10.Artemísia (Artemisia vulgaris): estimula a fertilidade; regula o fluxo menstrual; reduz efeitos da TPM (tensão pré-menstrual); reduz cistos no ovário, miomas no útero e dores pós-parto; prepara energeticamente o ventre de mulheres que desejam engravidar.

11.Assa-Peixe (Vernonia polyanthes): motiva, traz ânimo e empenho. Gera amor e presença de espírito. Ajuda a despertar a amorosidade do coração. Indicado para pessoas frias, calculistas e insensíveis, pois ajuda a deixar o coração vir à tona com uma energia transformadora. Ajuda a pessoa a livrar-se de preconceitos, machismos e culpas.

12.Babosa (Aloe vera): ativa o campo energético para estimular qualquer tipo de regeneração celular; regenera a pele (anti-rugas); cicatriza ferimentos; reduz câncer de pele; regenera a mente; faz mudanças nos pensamentos do indivíduo.

13.Bardana (Arctium minus): elimina a melancolia; reduz a gastrite nervosa; aumenta a fé e a esperança; ajuda a ter calma e deixar a vida fluir. Controla o excesso de sentimentalismo; elimina estados depressivos; auxilia na busca interior das saídas para os problemas e a raciocinar antes de decidir, acalmando a impulsividade e o desequilíbrio emocional.

14.Boldo-do-Chile (Vernonia condensata): equilibra o excesso de ego; possibilita posturas saudáveis em todas as situações da vida; limpa sofrimentos reprimidos; elimina automartírio e autorepressão; bloqueia a penetração de energias densas; equilibra o excesso de expansão de consciência.

15.Calêndula (Calendula officinalis): cria responsabilidade pelo ciclo da vida; traz vontade de ter filhos com amor e respeito; gera satisfação por aquilo que se tem; ajuda a criar vínculos de carinho e respeito pelos seres em geral, a encontrar sua missão pessoal na vida e saber realizá-la; adiciona alegria e amor na vida; eleva a frequência dos pensamentos.

16.Cambará (Gochnatia polymorpha): cria imunidade energética na região da garganta; melhora a fala, a voz e a dicção; elimina o catarro e a rouquidão.

17.Camomila (Chamomila recucita): elimina a raiva, o ódio, as mágoas, o medo e a falta de fé; ajuda a ter esperança e saber perdoar; gera otimismo e elimina o estresse emocional. Acalma e relaxa em casos de nervosismo e hiperatividade.

18.Cana-do-Brejo (Costus spicatus): aumenta a inteligência, a criatividade e a capacidade de criar projetos, teorias, planos e modelos para as coisas em geral. Gera a capacidade de buscar respostas utilizando a intuição. Amplia os canais sensoriais de vidência, clarividência, intuição, olfato e paladar; aumenta a sensibilidade extrafísica sobre tudo. Equilibra a razão e a emoção.

19.Capim-Cidreira (Cymbopogon citratus): elimina pesadelos, insônia e desordens do sono; traz sono vitalizador e energizante; limpa estados obsessivos; gera harmonia, elimina a ansiedade em geral, o nervosismo e a irritação mental.

20.Carobinha (Jacaranda caroba): ativa a memória; faz a mente funcionar; estimula o pensamento e a ação para projetar e colocar as idéias em prática; elimina a depressão; gera movimentos e atividade na vida; tira da rotina e da melancolia, criando novos padrões de comportamento.

21.Carqueja (Bacharis genistelloides): atua contra doenças do coração; traz tolerância; limpa o sentimento de solidão; atua contra sentimento de possessividade, egocentrismo e narcisismo. Em casos de câncer de pulmão e esôfago, úlcera e gastrite, eleva a imunidade energética.

22.Carrapicho (Desmodium adscendens): supre o sexto chacra com energia vital, por isso é recomendado contra estresse, fadiga mental, memória ruim e falta de força mental. Ativa a mente, abre a consciência e estimula o pensamento positivo. Excelente para limpar formas-pensamento negativas de qualquer espécie. Recomendado também contra os casos de síndrome do pânico, transtornos obsessivos e neuroses.

23.Cáscara-Sagrada (Rhammnus purshiana D. C.): ajuda a sair da crise, erguer a cabeça, parar de se lamentar, eliminar a lembrança do passado e a nostalgia; enfrentar os problemas sem reclamar ou chorar, equilibrar a fala, falar mais devagar e com calma e falar as coisas com a pureza que vem do coração; auxilia a colocar para fora, através da fala, os sentimentos e emoções, com calma e tranquilidade.

24.Catinga-de-Mulata (Tanacetum vulgare): é um energizante do corpo físico; ajuda a ter os pés nos chão, ser realista, parar de sonhar coisas absurdas, fazer as coisas acontecerem, colocar em prática; aterra a energia; aumenta a capacidade de reação diante de problemas; favorece a consciência e a sobriedade em todos os atos.

25.Catuaba (Erythroxylon vacciniifolium): ativa a circulação sanguínea; dá força e vitalidade física; gera senso de justiça, ânimo e vontade para viver; proporciona disposição física; aumenta a percepção das sensações físicas; cria prioridade para fazer as coisas, focar; aumenta os estímulos e os desejos sexuais.

26.Cavalinha (Equisetum iemale): limpa energeticamente o sangue; gera doçura na vida e no amor; elimina o ódio sem causa; aflora novidades para alegrar a vida; elimina a raiva; acalma o espírito; elimina remorso e ressentimento exagerado; gera respeito para com as coisas materiais; limpa o sentimento de inveja e ciúme em relação ao próximo; estimula a solidariedade; equilibra o emocional contra o desespero, a saudade e o excesso de sentimentalismo; elimina a ansiedade e a compulsividade, que estimulam a obesidade; equilibra os corpos sutis; ajuda a distinguir o certo do errado.

27.Centela Asiática (Centella asiatica): acalma a ansiedade; ajuda a falar devagar; melhora a dicção; gera imunidade na garganta; diminui as dores de garganta; auxilia a calar-se e a esperar a hora certa para dizer as coisas.

28.Chá-de-Bugre (Cordia ecalyculata): favorece a expressão dos sentimentos; auxilia na comoção e solidariedade com as coisas de forma equilibrada; dá força e disciplina para reformar a conduta pessoal; possibilita o renascimento, a evolução e o crescimento espiritual; ajuda a diferenciar o certo do errado e a dar o passo certo.

29.Chapéu-de-Couro (Echinodorus grandiflorus): elimina a maldade e os desejos maléficos; melhora o humor; elimina a rebeldia; acalma crianças muito arteiras; estimula a honestidade para com os próprios sentimentos; ajuda a ter desejo de vitória e força para lutar por seus ideais, saber ver os dois lados da “moeda”, quebrar padrões de conduta e pensamento, respirar novos ares, despertar poderes extrafísicos com cautela; elimina a raiva pelo pai; a arrogância; os desejos e as tentações inferiores; favorece o sentimento de saber perder, saber aceitar os defeitos dos outros; estimula a honrar compromissos; gera vitalidade energética nos casos de enfisema pulmonar, tuberculose, hanseníase e câncer de intestino.

30.Chá-Verde (Camellia sinensis): ajuda a cortar relações sem sofrer; desbloqueia a fala; favorece o falar em público; estimula o poder da palavra; elimina mágoas do passado; desbloqueia a criança e a alegria interior e elimina problemas circulatórios.

31.Cipó-Mil-Homens (Aristolochia triangularis): estimula o aumento de vitalidade na região do estômago; melhora a digestão e o funcionamento do estômago; elimina o pânico e o sentimento de excessiva compaixão por outras pessoas; ajuda a ter mais firmeza e pulso nas atitudes e a não “tremer” emocionalmente.

32.Coentro (Coriandrum sativum): traz a capacidade de pensar mais alto e mais focado no sentido de sua evolução espiritual; torna a pessoa amena; cria um sentido mais lapidado sobre os valores da vida; gera elegância e cavalheirismo em todas as atitudes. Ajuda a combater o excesso de vaidade, ego e futilidade; equilibra toda forma de energia yang; gera tranquilidade para compreender as inferioridades alheias com compaixão e sem se abalar emocionalmente. Ajuda a reduzir o ímpeto e traz capacidade para ponderar; eleva a moral e gera bons costumes; reduz a hipersexualidade.

33.Cominho (Cuminum cyminum): estimula a expressão dos sentimentos; libera bloqueios emocionais; favorece a limpeza do coração de antigas tristezas guardadas; ajuda a conseguir entender os sentimentos das outras pessoas, ter iniciativa para ajudar ao próximo, ser solidário, socializar-se com as pessoas e melhorar o ciclo de amizades.

34.Confrei (Symphytum officinale): estimula a criatividade; torna o ser emocionalmente sensível; melhora a expressão corporal; acalma os sentimentos negativos internos; ajuda a ter paciência, a respeitar a opinião do próximo, os idosos e a hierarquia em que vive; ajuda a ter controle sobre os próprios sentimentos.

35.Cordão-de-Frade (Leonotis nepetifolia): ajuda a descobrir a missão na vida; deixar a alma aflorar; liberar dons ocultos; aumentar a consciência; melhorar a visão do todo e possibilitar a evolução espiritual.

36.Cravo-da-Índia (Syzygium aromaticum): estimula a concentração; aumenta a capacidade de concentrar energia para materializar sonhos; abre a mente para enxergar o todo; estabiliza a mente em um nível mental acelerado e de alta frequência; estimula a busca interna de respostas para suas dúvidas; gera clareza nos pensamentos e senso de observação aguçado.

37.Erva-Baleeira (Cordia verbenacea): proporciona sensibilização no ser, favorecendo que venha à tona sentimentos e emoções que estão desequilibrados. Não é recomendada para pessoas que já estejam em crises emocionais, problemas ou emoções afloradas, porque pode gerar grandes catarses e liberações. É recomendada para pessoas que não gostam de admitir suas fraquezas emocionais, já que este vegetal estimula a conscientização do universo sentimental sobrepondo-se ao mental. Faz as pessoas racionais ficarem equilibradas em seu lado emocional, gerando grandes desbloqueios.

38.Erva-Doce (Pimpinella anisum): promove o otimismo, a motivação e a vontade; aumenta a coragem; diminui a ansiedade; gera dinamismo; ajuda a saber organizar as prioridades. Por diminuir a ansiedade, quando utilizado antes de dormir, induz a uma leve sonolência.

39.Erva-Mate (Ilex paraguariensis): ajuda a suportar os problemas da vida, ter fibra, coragem de se expor e mostrar-se para a vida, mesmo abalado por dificuldades; ter orgulho de quem é; ser patriota e respeitar suas origens.

40.Espinheira-Santa (Maytenus ilicifolia): elimina vertigens; desintoxica o campo energético do sangue; purifica os sentimentos de amor e compaixão; ajuda a filtrar emoções; elimina as oscilações de humor, o mau humor e a timidez; traz resistência energética contra resfriados.

41.Estévia (Stevia rebaudiana): em casos de vitiligo fornece vitalidade energética capaz de diminuir os efeitos da doença. Estimula a dar limites na vida, respeitar a privacidade e o espaço das outras pessoas, fazer autocrítica e saber se colocar em seu devido lugar.

42.Eucalipto (Citrodora) (Eucalyptus citriodora): equilibra as funções renais; traz equilíbrio nos desejos e sensações sexuais; promove abertura da consciência sexual com paz e responsabilidade; cria a idéia de amor com liberdade de expressão, sem tabus e preconceitos. Estimula a retidão de caráter.

43.Fáfia (Pfaffia paniculata): é descongestionante nasal, sedativo, calmante e indutor do sono; gera efeito “sossega leão”. Desliga a pessoa da realidade conflitante. Ajuda a eliminar preocupações, neuroses e culpas. Gera um estado de silêncio e diminui a hiperatividade e a ansiedade.

44.Funcho (Foeniculum vulgare): desenvolve o desejo de buscar e aperfeiçoar seus talentos e virtudes, trazer força para materializar sonhos, expressar projetos, sonhos e sentimentos através da fala, buscar internamente a resposta para entender os segredos da vida; gera transformação interna; corta laços com o passado.

45.Gengibre (Zingiber officinale): cria simpatia nos relacionamentos, alegria, amorosidade, doçura, intimidade e companheirismo. Elimina o mau humor nas relações e traz simplicidade para resolver problemas com o parceiro(a).

46.Ginkgo Biloba (Ginkgo biloba): ativa a circulação cerebral; faz a memória ficar mais rápida; reforma padrões da mente; ativa o raciocínio e estimula a reflexão e a consciência; traz sensação de clareza nos pensamentos.

47.Graviola (Annona muricata): auxilia a digestão; elimina o refluxo no estômago; traz a capacidade de “digerir” as emoções e os sentimentos; auxilia no processo de emagrecimento.

48.Guabiroba (Campomanesia xanthocarpa): para acalmar a autoexigência exagerada; contra o pânico e os medos de perder qualquer coisa na vida. Indicado contra os efeitos nocivos de rituais de magia negra; expande a energia do coração; estimula o perdão; traz sabedoria para aprender a tolerar as dificuldades, bem como as condutas alheias que irritam o “Eu”. Possui excelente propriedade para equilibrar o sangue e ajudar na regeneração óssea; para mulheres grávidas gera calma ao feto. Ajuda a pessoa a se livrar da vitimização e parar de procurar os culpados de seus próprios problemas. É poderoso para gerar tranquilidade, serenidade e bem-estar.

49.Guaco (Mikania glomerata): elimina traumas por fome e necessidades vividas na infância; elimina a inveja sentida internamente e o automartírio; reduz náuseas, soluços, asma e catarros em crianças; ajuda a colocar em prática a sabedoria interior, ter dinamismo, saber calar-se e ser humilde na medida certa; aumenta a imunidade do organismo.

50.Hibisco (Hibiscus sabdariffa): elimina o excesso de consumismo material, o tabagismo; estimula a aproveitar da vida somente o que é real, ser realista, ter os pés no chão, saber amar coerentemente sabendo dizer não quando for necessário. Também indicado para conseguir ter orgasmos na relação sexual e sentir os prazeres da vida.

51.Hipérico (Hypericum perforatum): limpa formas-pensamento negativas; estimula o respeito por outras pessoas; abre a intuição e o auto-canal de cura; gera força para enfrentar desafios; ajuda a ser bom pai, buscar o destino com as próprias pernas, saber esperar, ter audácia no momento coerente, equilibrar a mente e o espírito, ter paz. Reduz arritmias cardíacas; diminui cólicas menstruais e intestinais; elimina dificuldades de ereção; reverte padrões vibratórios deficientes; ajuda a ser efetivo, objetivo, coerente e ter disciplina; amplia a capacidade de se comunicar com o mundo; elimina nevralgias e neuroses; cria vitalidade energética contra ovários policísticos; elimina o complexo de inferioridade; acalma o espírito; traz o karma à tona;  elimina o medo do abandono; reduz sinusite e rinite; elimina a melancolia e os aborrecimentos; acessa registros akáshicos.

52.Hortelã-Levante (Mentha sylvestris): limpa a mente e o campo energético; desacelera a atividade mental; transmuta as energias densas de ordem mental e as de formas-pensamento; alivia tensões; ajuda a parar de pensar em coisas negativas; descongestiona os pensamentos; expande a consciência; abre o chacra frontal (sexto); estimula a clarividência e aumenta a sensibilidade extrafísica.

53.Insulina (Cissus verticillata): ajuda a fazer aflorar a verdade da alma e o propósito aqui na Terra; a diminuir o excesso de ambição material e a prepotência; é estimulante da visão, tanto física (olhos) quanto da mente (clarividência); ajuda a desbloquear os canais energéticos; torna a pessoa mais ativa, mais atenta e estimula a ver a vida em um novo prisma; abre as vias respiratórias superiores; ajuda na expansão da consciência, por isso é recomendada para momentos de meditação, projeção astral e outras experiências extrafísicas.

54.Ipê-Roxo (Tabebuia avellanedae): gera sono; ajuda a desacelerar a mente; aumenta a conexão e a absorção de energia vital pelo corpo; tem efeitos antiestresse, anti-insônia e é calmante contra o nervosismo e a hiperatividade; é um poderoso relaxante indutor do sono; ajuda a conectar com esferas superiores; em pessoas “calorentas”, gera uma sensação de resfriamento no corpo muito agradável.

55.Jaborandi (Pilocarpus micropbyllus): ajuda o ser a se integrar fisicamente na missão que a alma necessita, a fazer no plano material, fisicamente, a missão da alma. Traz aceitação, conformismo, tolerância e calma para o espírito. Estimula o autoperdão e ajuda a reduzir o excesso de ego, ambição e vaidade. Estimula o altruísmo.

56.Jambolão (Syzygium cumini): traz vontade e força para mobilizar-se em direção aos objetivos, gerando disposição e atividade. Cria priorização interna para realização de desejos, disciplina e bons costumes.

57.Joazeiro (Ziziphus joazeiro): libera bloqueios do primeiro chacra, por isso é recomendado para intestino preso ou preguiçoso. É calmante e relaxante do corpo físico, ajudando a induzir a um estado de leve sonolência.

58.Jurubeba (Solanum paniculatum): elimina dores causadas por pedras na vesícula; gera a capacidade de superar obstáculos; ajuda a amolecer o coração e aprender a amar de verdade; estimula o entendimento do verdadeiro significado da palavra amor.

59.Laranjeira (Citrus aurantium): limpa memórias negativas do passado; cria estabilidade emocional; equilibra o excesso de maturidade; elimina a sensação de abandono e solidão no mundo; gera leveza para a alma; cria objetivos e missões na vida (propósitos na vida); estimula o amor ao próximo.

60.Lima (Citrus aurantifolia): estabiliza emoções; libera o choro guardado; coloca o karma à tona para ser resgatado; gera sensibilidade emocional e comoção; elimina o medo em relação às outras pessoas e o excesso de preocupação com os demais. Traz auto-valorização e sinceridade de sentimentos.

61.Losna (Artemisia absinthium): traz felicidade, coragem, êxtase espiritual e devoção.

62.Louro (Laurus nobilis): elimina energias densas de origem espiritual, cria um campo energético espiritual, traz a força da energia divina para purificar os campos de energia e os ambientes em geral. Traz a força de Deus para o mundo físico.

63.Maçã (Malus domestica): gera paz no lar; elimina o medo da morte; acalma os nervos; libera o sorriso; gera bem-estar; harmoniza o emocional; traz sensibilidade para saber priorizar as coisas; elimina a falsidade de sentimentos.

64.Manjerona (Origanum majorana): traz a sensibilidade de perceber os outros à sua volta; ajuda a tornar-se solidário ao sofrimento do próximo; cria espírito de equipe; incentiva o trabalho em equipe; ajuda a respeitar a opinião dos outros e a viver em paz em comunidade.

65.Maracujá (Passiflora edulis): gera motivação, criatividade e ação; dá vida e entusiasmo às coisas; ajuda a ser entusiasta, assumir responsabilidades, enfrentar desafios, acreditar no futuro, ter esperança no amanhã, fazer projetos de vida, sonhar, acreditar que é possível e superar os obstáculos da vida.

66.Marapuama (Ptychopetalum olacoides): estimula a capacidade de saber esperar, aceitar, ter paciência, tolerância, aprender a valorizar e contemplar. Acalma a ansiedade em dar o passo a seguir, traz a harmonia necessária para aprender a fazer paradas durante os percursos da vida, para compreender as coisas e o universo antes de seguir em frente. Traz para a pessoa o entendimento de que, muitas vezes parar, esperar um pouco, meditar, é a melhor ação a ser tomada. Ajuda a eliminar as atitudes impetuosas e mal pensadas.

67.Macela (Achyrocline satureioides): estimula a fertilidade nas mulheres; ativa a coragem e a segurança; gera confiança para se impor em qualquer situação; elimina maus hábitos; cria esperança; ativa a iniciativa, a vontade de fazer e a capacidade de perdoar e limpar-se do ódio.

68.Marmelo (Cydonia oblonga): alivia dores locais; desincha; cria efeito sedativo, calmante e protetor local; aumenta a vitalidade e regula a atividade celular local; auxilia contra qualquer processo de multiplicação indesejada (anti-câncer e anti-rugas); estimula a paciência, a perseverança e o equilíbrio emocional.

69.Mastruço (Coronopus didymus): elimina o catarro; abre os brônquios; estimula a sensação física; amplia a respiração; desbloqueia os sentimentos; vitaliza os pulmões.

70.Melissa (Melissa officinalis): ajuda a superar divórcios complicados, ser doce, saber viver e amar; cria conduta de honestidade; elimina traumas de maus tratos na infância, discórdias e medo de aranhas e bichos peçonhentos; traz consciência da infância para melhor entender o presente.

71.Mil-em-Rama (Achillea millefolium): estimula a pessoa a falar o que está trancado, não segurar os sentimentos guardados, ter coragem de falar e resolver as coisas na hora. Ajuda a ser objetivo e colocar em prática aquilo que se pensa e quer. Melhora o timbre de voz, estimula as cordas vocais, ajuda a encontrar as melhores palavras para verbalizar os pensamentos.

72.Mulungu (Erythrina mulungu): recomendado para pessoas com pressão baixa. Estimula o movimento, o funcionamento do corpo físico e o aquecimento do corpo. Traz atitude e ação; gera entusiasmo; diminui a preguiça e o desânimo. Recomendado contra a depressão; aumenta a imunidade do corpo e gera vitalidade. Melhora a saúde da pele.

73.Orégano (Origanum vulgare): ajuda a conseguir estruturar moradia, casa, convívio, instalar-se e criar raízes; criar projetos duradouros e concretos. Estimula a honrar compromissos e acordos, cumprir promessas e construir uma história de vida.

74.Pariparoba (Pothomorphe umbellata): acalma os instintos; diminui a fúria; elimina o machismo e a hiperatividade; ajuda a relaxar e evitar o estresse físico; elimina a mesquinharia e o materialismo excessivo; valoriza a família, a moral, a ética e ajuda a ter conduta íntegra.

75.Pata-de-vaca (Bauhinia forficata): gera compreensão e entendimento no relacionamento familiar; ajuda no crescimento social conscientizando o indivíduo a dividir e compartilhar seus sentimentos. Ajuda a aprender a ter responsabilidades próprias e beneficiar-se disso. Dissolve registros de problemas de relacionamentos com o pai.

76.Pessegueiro (Prunus pérsica): ajuda a aceitar os próprios defeitos com harmonia para poder evoluir na vida, usufruir plenamente de sua capacidade, ter calma mental, regenerar a mente, mudar os pensamentos e atitudes. Ajuda a eliminar doenças degenerativas do cérebro, a paranóia e a confusão nos pensamentos.

77.Picão-preto (Bidens pilosa): traz capacidade de discernimento e gera equilíbrio geral; fortalece as juntas do corpo físico; é tônico do sangue; gera paz para enfrentar e suportar os problemas da vida, humildade e simplicidade; aumenta a auto-estima e o orgulho de ser quem é.

78.Poejo (Mentha pulegium): ajuda a conseguir fazer as coisas até o fim sem desistir, não acumular sentimentos negativos, não se abalar com o egoísmo e a maldade alheia. Proporciona imunidade energética dos rins, estimula o saber se desculpar, se redimir, a reconhecer o próprio erro e amar a vida. Reduz o autoritarismo, o orgulho e a arrogância.

79.Porangaba (Cordia eucalyculata): ajuda a ter tolerância e paciência, aprender a se desprender de coisas materiais e sexo, encerrar ciclos do passado e evitar a alienação do todo. Atua reduzindo a futilidade e a infantilidade.

80.Quebra-Pedra (Phyllanthus niruri): torna os relacionamentos mais simples; ajuda a se soltar para o amor, entender e respeitar os defeitos dos outros, harmonizar relacionamentos conjugais, trabalhar em equipe, ter foco nas metas e objetivos, aprender a perdoar e a filtrar emoções.

81.Quitoco (Pluchea sagittalis): amplia a conexão com Deus, abre os canais sensoriais, amplia a canalização de energia vital. Elimina bloqueios do sétimo chakra, abre caminho para a espiritualidade na vida da pessoa; eleva a freqüência; melhora a qualidade do sono; estimula o aprendizado de viver a vida sem a necessidade de controlar tudo e a ser menos racional e mais intuitivo.

82.Sabugueiro (Sambucus australis): ajuda a entender o que está fazendo errado em qualquer tipo de relacionamento; aumenta a espontaneidade de sentimentos; estimula a vontade de fazer amizades e cultivar os amigos; a sociabilidade e a criação de bons ciclos de amizade.

83.Sálvia (Salvia officinalis): ajuda a poder explicar as coisas de forma científica, criar argumentos que convençam, saber explicar de forma correta de acordo com o público expectador, usar linguajar criativo e dinâmico, ser criativo e rápido nas palavras; estimula o dom da palavra falada.

84.Sassafrás (Ocotea odorifera): ajuda o metabolismo do corpo físico a funcionar melhor; equilibra as funções renais; auxilia na regeneração dos ossos e possibilita calcificação mais rápida em casos de fraturas; é um excelente harmonizador dos desequilíbrios hormonais da menopausa; ajuda a fortalecer a união entre duas pessoas, gerando paz, harmonia e pureza no vínculo.

85.Sene (Senna occidentalis): elimina imagens traumáticas gravadas na memória; expulsa o ódio e o rancor; aterra os pensamentos; ajuda a passar segurança e confiança para as pessoas à sua volta.

86.Sete-Sangrias (Cuphea carthagenensis): desobstrui as vias aéreas respiratórias superiores; ajuda a dissolver a sinusite e limpar a rinite; é sedativo contra dores de cabeça; limpa a mente de preocupações, inseguranças e ansiedades; ajuda a esperar para ver como será, eliminando o hábito negativo de se “pré ocupar” muito antes da hora.

87.Tanchagem (Tansagem) (Plantago major): elimina a maldade interior; reduz o excesso de preocupação; cria potencialidade energética contra o Mal de Alzheimer; elimina o mal-estar; fortalece a energia dos ossos; elimina a timidez; o excesso de perfeccionismo e ajuda a construir uma personalidade ética.

88.Tayuya (Cayaponia tayuya): elimina dores lombares e tensões nas costas; relaxa os músculos e os nervos; acalma dores musculares; desincha lesões e torções (mau-jeito). É anestésico natural. Acalma a frequência cardíaca e ajuda a reduzir a pressão alta.

89.Tília (Tilia cordata): elimina tonturas, vertigens, labirintite; ajuda a saber que rumo tomar na vida espiritual; ter uma orientação espiritual a seguir.

90.Tomilho (Thymus vulgaris): ativa a glândula tireóide; permite sentir o gosto apurado dos alimentos, formalizar as coisas e organizar de forma lógica para que todos possam entender os seus objetivos e metas. Melhora a comunicação em trabalhos de equipe e aumenta o entendimento entre as partes.

91.Uxi-Amarelo (Endopleura uchi): ajuda a trazer a pessoa para seu eixo, centrar as ideias e as ações. Acalma as tensões do corpo; gera estado de serenidade, mantendo a consciência ativa e os instintos equilibrados. Traz efeito de aterramento, incentiva a pessoa a entrar em contato com as energias da natureza, reconhecendo Deus nas árvores, na terra e em outros elementos. Produz sensação de frescor nos ombros e costas.

92.Valeriana (Valeriana officinalis): neutraliza sentimentos negativos; ajuda a aprender a ver as coisas boas existentes por trás das crises, ter personalidade para enfrentar os maus momentos, mantendo-se de bom humor e eliminar o estado de “vítima” da situação. Faz a pessoa se desligar de qualquer tipo de doença que possa ter sido contraída por carência.

VEGETAIS NIVELADORES reduzem efeitos colaterais, nivelam a frequência do composto para perfeito alinhamento energético.

1.Açafrão-da-Índia (Curcuma longa): elimina a necessidade de mentir; traz ética e bons costumes; auxilia na agilidade para decidir e ter senso de direção; gera práticas positivas na vida.

2.Aipo (Apium graveolens): elimina estados de delinquência; permite à pessoa não alimentar falsidade e rancor; gera paz divina no coração daquele que se sente desamparado; ensina a ter ambições na vida para progredir sempre e auxilia a saber usufruir dos recursos da natureza para melhorar a qualidade de vida.

3.Alho-Porró (Allium porrum): gera virilidade e masculinidade; incentiva a pessoa a criar ânimo para praticar atividades físicas; ter respostas imediatas para os problemas da vida e romper relacionamentos com pessoas negativas e más.

4.Arnica-Brasileira (Solidago chilensis): desobstrui os canais energéticos; estimula a circulação sanguínea, a imunidade física e uma cicatrização mais rápida em casos de pós-cirurgia; reduz o tempo de recuperação física.

5.Avenca (Adiantum raddianum): tem a função de catalisar a eficiência de qualquer composto fitoenergético; é um vegetal utilizado para aumentar a velocidade de ação do tratamento, principalmente em nível físico, já que estimula a corrente sanguínea, acelera o metabolismo, aumenta a circulação, esquenta o corpo e ativa a imunidade em geral, ajudando na conexão mente-espírito. Indicada também para limpar os bloqueios que prendem ao processo evolutivo de uma pessoa por causa de sentimentos reprimidos. Produz intensas purificações em nível físico nos pulmões e na garganta.

6.Dente-de-Leão (Taraxacum officinale): estimula a pessoa a agarrar as oportunidades da vida; contentar-se com as coisas que tem e com quem é; ser feliz naturalmente; saber valorizar tudo e todos; eleva a autoestima; gera humildade e sentimento de gratidão; favorece o viver de forma simples, sem complicações e com objetividade.

7.Erva-de-Bicho (Poligonum bydropiperoides): ativa energeticamente as células; ativa o fluxo energético dos chacras secundários e promove limpeza no campo áurico. Elimina bloqueios ou acúmulos de energia negativa.

8.Estévia (Stevia rebaudiana): em casos de vitiligo fornece vitalidade energética capaz de diminuir os efeitos da doença. Estimula a dar limites na vida, respeitar a privacidade e o espaço das outras pessoas, fazer autocrítica e saber se colocar em seu devido lugar.

9.Gervão (Stachytarpheta cayennensis): sensibiliza a aura e a consciência para perceber energias de outras esferas; torna a pessoa altamente sensível e perceptiva às energias que a cercam; aumenta todos os estímulos do corpo, por isso também é indicado para pessoas frias e desanimadas; ajuda a encontrar mais prazer na vida e valorizar as coisas imateriais, por isso é recomendado contra egoísmo, vaidade e orgulho.

10.Guaraná (Paullinia cupana): ajuda a fazer com que as coisas negativas tenham um impacto reduzido sobre as emoções; gera estabilidade emocional mesmo em momentos de extrema tensão, dúvida ou atrito; gera tolerância e acalma os instintos do Eu inferior.

11.Morango (Fragaria xananassa): elimina a carência afetiva; acalma a dor por uma perda emocional forte, como falecimento, fim de um relacionamento ou uma notícia ruim. Gera amor incondicional e paz na família. Libera os sentimentos reprimidos e corta laços com pessoas já falecidas.

12.Unha-de-Gato (Uncaria guianensis): ajuda a se instalar e a se estruturar em qualquer lugar e em qualquer setor da vida, dar-se bem mesmo nas adversidades, saber aproveitar as dificuldades da vida para evoluir e aprender a dar valor às coisas e à saúde que tem e ainda a valorizar os elementos da natureza e a respeitar qualquer forma de vida no universo.

13.Jurubeba (Solanum paniculatum): elimina dores causadas por pedras na vesícula; gera a capacidade de superar obstáculos; ajuda a amolecer o coração e aprender a amar de verdade; estimula o entendimento do verdadeiro significado da palavra amor.

14.Uva-Ursi (Arctostaphylos officinalis): elimina o medo de falar, de se comunicar e de pôr para fora o que se sente ou pensa. Estimula a iniciativa para fazer as coisas acontecerem, realizar projetos e tirar as idéias só do plano mental. Equilibra a tireóide, por isso também é recomendada para emagrecimento.

 

VEGETAIS CONDUTORES acessam os registros akhasicos das células do indivíduo, conduzindo a energia de outros vegetais ao objetivo a que se destina (cura energética profunda, longo alcance na frequência).

1.Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra): fixa o conhecimento; ajuda a memorizar o aprendizado, guardar na memória, criar uma nova atitude na vida, ter boa percepção e entendimento de tudo o que é novo e assimilar bem as mudanças qu ocorrem na vida.

2.Alfafa (Medicago sativa): ajuda a apaziguar e equilibrar os sentimentos alterados e trazer a pessoa para seu eixo e essência. É um vegetal que nem estimula nem acalma, mas equilibra. Ajuda a pessoa a discernir e ponderar em todas as situações. Indicado contra crises existenciais ou de identidade.

3.Barbatimão (Stryphnodendron adstringens): elimina o sentimento de rejeição e de ser inoportuno, a baixa autoestima, a carência,  a dependência afetiva e os miasmas no corpo físico. Reeduca a alimentação. Auxilia para a conclusão das coisas sem desistir no meio.

4.Canela (Cinnamomum zylamicum): elimina a frieza, a insensibilidade, a falta de sentimentos, a falta de crença, a ingratidão, a birra e a rebeldia. Traz sentimento de unidade com o Criador e gera proteção espiritual.

5.Douradinha (Policourea rígida): filtra os sentimentos; elimina a culpa interna; ajuda a ter a consciência do erro e aprender com ele sem se martirizar ou sofrer; ajuda a aumentar a agilidade de resposta para tudo o que não está bem.

6.Endro (Anethum graveolens): elimina a paranoia; protege energeticamente; ancora uma nova frequência energética positiva.

7.Erva-de-Passarinho (Struthanthus concinnus): atua aflorando a doença que está escondida na alma, ajudando a mostrar o que está errado. Não é recomendado usar puro, apenas em um composto fitoenergético juntamente com outros vegetais. Acelera muito a vibração energética do corpo físico, expelindo miasmas e doenças que ainda estavam na aura. É um purificador da alma, gera limpezas no corpo físico.

8.Ginseng (Panax quinquefolius): elimina a culpa interior e a timidez; ajuda a avançar psicologicamente, amadurecer, eliminar lembranças de erros do passado, a insônia; melhora a memória; organiza os pensamentos; diminui o excesso de ego e a prevalência; auxilia na busca da maestria pessoal; elimina a inveja que sente pelos outros e os medos absurdos; ajuda a fluir para uma nova realidade, acessar profundamente os hemisférios cerebrais e os registros akáshicos.

9.Hortelã (Mentha crispa): abre caminhos na vida; ajuda a entender e a trabalhar as dificuldades com o pai; elimina a hipocrisia e a falsidade; gera efeito analgésico; elimina fibromas; reduz o estresse; ajuda a mudar o pensamento e gerar vitalidade energética geral em casos de câncer.

10.Jasmim (Jasminum officinale): gera pureza nos pensamentos; purifica as emoções e as inferioridades. Este é um vegetal que tem a propriedade de trazer os aspectos do divino para tudo. Se você quer um toque da pureza e perfeição divina e angelical, esta é a função do Jasmim. Indicado contra vícios como cigarro, álcool, drogas e jogos. Purifica e desintoxica o organismo, é um repelente contra invasões obsessivas em geral.

11.Malva (Malva sylvestris): cria conexão com energias de esferas espirituais; ajuda a tomar decisões, respeitar hierarquias, eliminar medos, criar sentimento de justiça, aceitar as dificuldades da vida e mudar de atitude; limpa os miasmas que causam dor e desconforto físico.

12.Pitangueira (folhas) (Eugenia uniflora): ajuda a ter energia para enfrentar a vida; gera vitalidade nas células; cria imunidade física, emocional e mental; traz clareza mental; ajuda a esclarecer dúvidas, encontrar saídas e caminhos, entrar em acordo, ponderar, entender o próximo e buscar o diálogo nas discussões.

13.Manjericão (Ocimum basilicum): abre a consciência para enxergar o que está errado; estimula a busca da verdade a qualquer preço; abençoa as escolhas e as decisões; irradia energia mental.

14.Salsaparrilha (Smilax japicanga): estimula a formação de um caráter correto, ético e bondoso, com bons princípios e valores. Eleva a autoconfiança; torna o medo apenas um desafio e uma aventura; ajuda a ser fiel, limpar os erros e as questões negativas para poder viver com a consciência “limpa”.

 

Fonte: Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma – Bruno J. Gimenes