Influenciando a motivação com EFT

Por David Rourke, EFT Master


A maioria dos comportamentos, se não todos, é uma tentativa de resolver um problema - até mesmo comportamentos que parecem criar mais problemas. O que leva alguém a continuar fazendo as mesmas coisas - ou o que o impede de fazer as coisas que realmente poderiam ajudá-lo? Em outras palavras, o que motiva alguém a mudar um comportamento? Motivação não é nada mais do que estar pronto para mudar. Essa disposição ou motivação pode ser maior ou menor, dependendo da percepção que a pessoa tem, do desafio ou a perda que ela terá no momento presente ou no futuro.

A motivação está sempre ali, as quedas em motivação são normais. Ela varia de momento a momento, dia a dia - a oscilação de sentimentos pode variar entre estar um pouco acima do zero e a prontidão quase plena. Esta variação de sentimentos pode ser influenciada. Praticantes de EFT ajudam a remover as barreiras e os conflitos que ficam no caminho para realizar uma mudança.

  • Conflitos Ganha-Perde: Ambivalência entre dois cursos de ação. "Eu quero parar de fumar, mas estou com medo de ganhar peso e ficar gordo e infeliz."
  • Os ganhos secundários: De alguma forma o excesso de peso lhe dá mais do que a perda do peso  pode oferecer. As razões são muitas vezes inconscientes. EFT pode ajudar a descobrir as razões: "Mesmo que eu não consiga perder peso ...", "Não importa o que eu faça o meu peso não diminui...", "Eu não sei porque isso está acontecendo, apesar dos meus esforços ... "
  • A dor da mudança versus a dor de permanecer: Bloqueios inconscientes para a mudança podem levar a comportamentos de autosabotagem.

O que nos leva a

  • Medo do desconhecido: O demônio que conhecemos x o demônio que não conhecemos... O "desconhecido" pode ser território assustador e pode interromper o caminho da mudança. "O que vai acontecer se eu mudar?", "Quais são as penalidades de ser bem sucedido em fazer esta mudança?”. Praticantes de EFT podem ajudar a criar um lugar seguro para que as pessoas comecem a olhar para o que poderia ser diferente.
  • Os "DEVERIA"s: O objetivo declarado pode ser na verdade o que eles pensam que "deveriam" fazer ou o que alguém pensa que eles "deveriam" fazer em vez do que é verdadeiro para eles. Às vezes, eles não sabem quais são realmente seus objetivos autênticos.
  • A falta de auto-consciência de desejos e necessidades: Alguém que já teve o problema por longo período, tem sua sua identidade amarrada nele e acredita que não há outras opções. "Este sou eu e é assim que vivo minha vida".
  • Sistemas de crenças: As metas estabelecidas podem não estar de acordo com o sistema "real" de crenças do cliente. Você pode querer ser rico, mas se há uma crença subjacente de que os ricos são esnobes e/ou fazem uso indevido do poder, esta crença pode impedi-lo de perseguir seu objetivo. Afinal, quem quer parecer um "esnobe" ou com sede de poder

Usando EFT para explorar o que está por trás desses conflitos pode ajudar a encontrar os bloqueios individuais. À medida que as questões centrais são desvendadas e liberadas, a energia é criada ( i.e., motivação ), ela pode ser usada para se mover para a próxima etapa.

Faça perguntas abertas para encontrar questões a serem trabalhadas com EFT, tais como: "O que acontece quando você tenta?" "Como você sabe que fracassou?" "O que precisa acontecer para que isso vá embora?" ou "O que fica no caminho?"

Crie uma folha prós e contras - Uma folha de análise para tomada de decisão pode ajudar a chegar ao cerne da questão. Anote os "prós" e os "contras" associados com ambos os lados do conflito. Quais são os prós e os contras de continuar um comportamento contra os prós e contras de mudar um comportamento. Não espere que a lista mude alguma coisa imediatamente. Esta lista é para descobrir questões - possivelmente escondidas - para serem trabalhadas com EFT.

Concorde com o conflito. "Mesmo que eu esteja bastante confortável onde estou ...”, " Embora eu não saiba o que eu quero ... ", " Apesar de achar que eu deveria ... "

Esclareça o que a pessoa quer. É esperado que uma vez que alguém passa a ter muita clareza sobre a sua intenção (ou seja, descobre o que ele realmente quer), ele estará motivado a fazer o que precisa ser feito para permitir que isso aconteça. Às vezes, isso é um desafio!
Muitos de nós não sabemos o que realmente queremos. Um praticante pode encontrar as questões para trabalhar com EFT acerca de "enfrentar o desconhecido", fazendo perguntas que incentivam a pessoas a citar o que ela quer (realmente quer) e não o que ela não quer.
Quando um cliente é capaz de dizer o que ele quer, uma boa pergunta para descobrir fatores subjacentes é: "O que impede você de consegui-lo?"

Não espere milagres. Pode mesmo não ser um caminho suave. À medida que cada nova camada é retirada e o medo de uma nova mudança é descoberta, EFT pode ser usada para lidar com cada novo "sim ... mas" que vem à tona.


Tradução livre por Mizuji Kajii

Fonte: http://www.eftmastersworldwide.com