SAIS MINERAIS




São sais retirados de minerais. Sem eles as reações metabólicas ficariam tão lentas que não seriam efetivas. Os sais minerais desempenham funções vitais em nosso corpo como manter o equilíbrio de fluidos, controlar a contração cardíaca, carregar oxigênio para o cérebro e regular o intestino.

Embora presentes na dieta, alguns minerais nem sempre são ingeridos nas quantidades suficientes para satisfazer as necessidades metabólicas, especialmente durante a fase de crescimento, estresse, trauma, perda de sangue e algumas doenças sexualmente transmissíveis. Muitos corredores também têm deficiência de minerais. Isto porque exercício vigoroso faz com que eles soem salgado.


 

Astrologia e os sais bioquímicos

Você sabia que cada signo astrológico tem uma analogia com um sal bioquímico?

 

A Bioquímica e a Medicina dos Astros - Sais Minerais


A Astrologia é uma rica disciplina em seu amplo campo de benefícios e de suas aplicações, tendo sido usada desde tempos primitivos para ajudar a descobrir padrões de doenças em seres humanos.

Aqui falarei sobre a existência dos doze sais minerais importantes que formam o corpo humano, embora haja traços da existência de muitos outros. A bioquímica é uma ciência Sânscrita antiga e o Dr. W. H. Schuessler (1828/1898) a redescobriu. O Dr. G. W. Carey, após uma vida de pesquisa, viu que existia uma relação entre os doze elementos minerais e os doze signos do Zodíaco.


Signos, Sais Homeopáticos, Peter Damian florais (Dr. Bach)


Áries (Fosfato de Potássio) / IMPATIENS

Touro (Sulfato de Sódio) / GENTIAM

Gêmeos (Cloreto de Potássio) / CERATO

Câncer (Fluoreto de Cálcio) / CLEMATIS

Leão (Fosfato de Magnésio) / VERVAIN

Virgem (Sulfato de Potássio) / CENTAURY

Libra (Fosfato de Cálcio) / SCLERANTHUS

Escorpião (Sulfato de Cálcio) / CHICORY

Sagitário (Óxido de Silício) / AGRIMONY

Capricórnio (Fosfato de Cálcio) / MIMULUS

Aquário (Cloreto de Sódio) / WATER VIOLET

Peixes (Fosfato de Ferro) / ROCK ROSE

 

 

 

O Dr. Edward Bach, examinou as características de 12 flores silvestres e atribuiu a eles a propriedade de reequilibrar o nosso organismo. Ele funcionará quase como um remédio de fundo homeopático, que o paciente poderá utilizar sempre que necessário.

A doença é um estado de desordem do corpo. Devemos portanto restabelecer esta ordem, analisando os sintomas para descobrir a causa. Não existem doenças, e sim, ‘a doença’, assim como existe ‘a saúde’. O homem dificilmente está em plena saúde, porque ele se encontra em luta constante contra a sua própria natureza. O sintoma torna visível o que é invisível, ou seja, o que se encontra no subconsciente do homem. Desta forma, como todo o mundo material é somente um palco onde tomam forma as imagens do inconsciente, estas imagens se tornam assim alegorias. Quando a uma pessoa falta o equilíbrio, esta situação se torna visível em seu corpo.

A palavra Kali (Potássio) significa 'mãe ou matéria', e Phosphorus significa 'produtor de luz'. E quem vive sem Luz em nosso planeta onde o ato de nascer é chamado de 'Dar a Luz'?

O Kali Phos., o Kali Mur. e o Kali Sulph. associados ao Ferrum Phos. podem ser usados com sucesso no tratamento do câncer! O Kali Phos para suprir o fogo vital purificando a condição não saudável das células, o Kali Sulph. para limpar através dos poros da pele e banhar as células num fluido oleoso, salgado e anti-septico e o Kali Mur. para construir as células novas. Finalmente o Ferrum Phos. para atrair o oxigênio necessário para renovar e purificar as células.

Como o cérebro é órgão mais importante do corpo, podemos deduzir que o sal alocado para este signo é de suma importância para a composição humana. O Kali Phos., ou Fosfato de Potássio, cria a matéria cinzenta do nosso cérebro pela união da albumina e do oxigênio (citando o livro Astrologia e Bioquímica de Vanda Sawtell). Este sal constrói as células cerebrais e pode ser associado a todos os outros sais, sempre que aparecerem sintomas de esgotamento nervoso, causados pelo excesso de estudo ou trabalho, pelo estresse ou até mesmo por problemas de insanidade e outras patologias. De todos os doze elementos minerais básicos do corpo, as vibrações geradas pelo Kali Phos. são as mais altas a que o corpo físico pode se sujeitar de forma segura. Sabemos que os arianos são pessoas corajosas, cerebrais, ardentes, impacientes e independentes. Francos e diretos não suportam subterfúgios e sempre vão direto ao ponto! Eles trabalham intensamente e estão muito sujeitos a esgotamentos, sofrem de estresse e de pressão alta. Podem adoecer subitamente, sofrendo com febres elevadas e inflamações, inclusive aos dentes.

 




Os Bioquímicos dos sais de tecido animal, sempre argumentaram que a doença provém de uma falta de certos sais, dos quais doze são particularmente mais importantes. Sais de tecido animal estão amplamente disponíveis através de químicos alopatas e loja de Suplementos Vitamínicos.

Eu, particularmente prefiro a forma homeopática potencializada, energia esta que, quando absorvida compensa a deficiência, e fazendo isso alcançam no corpo um estado melhor de equilíbrio, de saúde, fazendo até com que o organismo possa responder melhor a outros tipos de terapia.



O que é bioquímica?

Em seu livro de Astrologia e Bioquímica, Vanda Sawtell responde – significa a Química da Vida, da raiz grega “Bios”, curso da vida e o conhecimento dos elementos e leis que governam suas combinações e comportamentos.

O corpo humano é composto de milhões de células minúsculas, sendo que cada uma é uma unidade viva completa. Estas células diferem em composição de acordo com o tipo de tecido que ajudam a formar. Por exemplo: as células que formas os ossos são diferentes daquelas que formam os tecidos cutâneos ou nervosos.

O material de onde essas células são construídas vem, ou deveriam vir, de nosso alimento. São de dois tipos, orgânicos e inorgânicos. Os materiais orgânicos são as albuminas, fibrinas, açucares e gorduras. Os inorgânicos são a água e determinados minerais, conhecidos agora como células de sal.

Minerais são a coluna vertebral do nosso metabolismo.

 

Todos os outros nutrientes incluindo proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e enzimas requerem uma variedade enorme de minerais para funcionar.
Dos fatores que causam a diminuição de O²(oxigênio) em nível celular, é a deficiência de minerais que vêm em maior destaque.

É a parte mais negligente da nutrição de hoje em dia. Nosso corpo é uma massa de energia elétrica de intercâmbio de “íons” que ativam enzimas. A engenharia enzimática dirige a complexa atividade química da célula viva. Nosso corpo “elétrico” utiliza esses minerais para conduzir o fluxo ótimo das funções corporais.

Conclusões de nossas pesquisas:
- não há disfunção orgânica sem previa carência mineral,
- a vida perece onde Oxigênio falta.

Quando seu organismo tem deficiência mineral, você está sem saúde. Quando o pH do seu sangue está abaixo do normal, você está propenso a qualquer tipo de doença...


 

COMO UTILIZAR OS SAIS CELULARES?


Devem ser administrados com cuidado, mesmo não tendo efeitos colaterais, e relativamente inofensivos, podem causar prejuízos às funções orgânicas se tomados indiscriminadamente. Devem ser tomados apenas quando preciso, não devem ser tomados para sempre, não são como as vitaminas que podemos tomar sempre que nos sentimos desvitalizados, tomá-los indiscriminadamente pode causar desequilíbrio metabólico, o que pode ser perigoso. Devemos tomar cuidado com todos os sais celulares, mas, em especial, com o Silícea, que possui ação cortante e despedaçante no núcleo da célula e com o Kaliphosporicum, principalmente
na potência CH 12, que pode mexer com a pressão e deve ser cuidadosamente administrado, principalmente em quem tem pressão alta ou problema de hipertensão. Os sais celulares que vamos usar são apenas 12, que estão especificados neste capítulo. Porém, alguns cuidados e observações devem ser levados em consideração: deverão ser administrados em forma de
glóbulos. Esses glóbulos são feitos de lactose, sacarose e açúcar de cana. Se o paciente for alérgico a essa substância ou diabético, esse medicamento poderá ser feito na forma líquida (alcoólica), que tem o mesmo potencial dos glóbulos, ou seja, cada gota equivale a um glóbulo. Eles são apresentados também na forma de comprimidos, pastilhas ou pó, que vêm em papéis e que são diluídos em água, porém, vamos usar principalmente em glóbulos ou líquido.

Como são remédios de potência, devemos seguir algumas regras:

1. Não colocar os glóbulos nas mãos, devem ser colocados na tampinha e levados diretamente à boca, sublingual e dissolvidos lentamente, absorvidos pela mucosa bucal.

2. As gotas podem ser colocadas direto na boca ou diluídas em água filtrada (quanto mais agitadas, maior a potencialização).

3. Não podemos deixar de levar em consideração de que todo o remédio homeopático, funciona em processo de catarse, ou seja, inocula o problema para depois curá-lo, então,  alguns pacientes podem se sentir muito mal nos primeiros dias de tratamento principalmente sob os feitos com potássio.

4. Existem três tipos de potássio ou Kali, três de sódio ou Natrum e três de Cálcio e geralmente quando existe um signo com problema de potássio, todos os outros deverão ser administrados ao paciente, pois a natureza terá tirado os três para criar a deficiência. Então, deveremos administrar os três potássios, de preferência, um de cada vez, na seqüência do tratamento.

5. Todos os sais de tecidos são essenciais para a saúde, a vida é um processo contínuo de oxidação, respiração e queimação. Essa oxidação ou queima não acontece sem o oxigênio e o suprimento de oxigênio depende da presença do ferro, que é o sal de Peixes (Ferrum phosphoricum). Esse é um sal que pode ser associado a qualquer outro indicado, por causa da sua afinidade com o oxigênio.

6. Guarde-os bem protegidos do sol, longe do calor e longe de aparelhos que emitem radiação, como TV, rádios, celulares, geladeiras, freezers, microondas, computadores, celulares, bips, etc. Evitar também guardá-los com produtos de perfumaria ou limpeza que exalem cheiros fortes.

7. Não podemos deixar de mencionar, que os raios X de aeroportos, portas de banco, aparelhos para detectar metais, também despotencializam os remédios homeopáticos. Com esses cuidados os remédios de Homeopatia poderão ser conservados por longo tempo.


Kali phosphoricum - fosfato de potássio (Áries)
Ansiedade, tristeza, insônia, fadiga, excitação nervosa, problemas de pele, dores nevrálgicas, depressão, medo, anemia cerebral, bom para jovens, neurastenia, cansaço mental e físico, debilidade muscular consecutiva a moléstia aguda, histeria, dor de cabeça por muito estudo. Asma, rouquidão, pulso irregular, fraqueza e prostração, boca seca, fuliginosidade nos dentes, prisão de ventre ou diarréia, Sonolência. Febre gástrica, febre tífica, infecções gastrintestinais, gripe, mau hálito. Priapismo matinal (ereção anormal) ou impotência com emissão dolorosa, menstruação muito atrasada ou muito escassa, em mulheres pálidas, sensíveis ou lacrimosas. Envia matéria cinzenta do cérebro pela união da albumina e do oxigênio. Junto com Calc. fluor, para distúrbios mentais. Potássio (kali): agente curador, anti-séptico. Kali phos., Kali mur., Kali sulph. e Ferrum phosos.: usados com sucesso no tratamento do câncer, pois a falta de potássio é a causa principal do câncer. Estresse emocional, depressão, angústia.
Sintomas: paciente com aspecto cinzento, pálido. Ansioso, deprimido, melancólico. Secreções: gordurosas, excoriantes e fétidas. Precisa para melhorar: repouso após as refeições. Exercícios moderados. Agravação: ruídos, solidão, pouco repouso. Indicações: febres altas, paralisia, úlceras de estômago, doenças cardíacas. Estados sépticos. Ação do sal: previne a destruição dos tecidos. Tônico dos nervos e dos músculos.


Natrum sulphuricum - sulfato de sódio (Touro)
Hipersensibilidade, corrimentos esverdeados, inquietude matinal, perda de apetite e sede, náuseas e vômitos, fígado doloroso ao tocar, conjuntivas amareladas. Dor hepática, influenza (gripe, infecção viral aguda), tosse úmida com dor na parte inferior do peito, asma, bronquite, pneumonia, meningite, gonorréia. Elimina o excesso de água no organismo, emagrecimento. Bílis do fígado, suco do pâncreas, secreção dos rins precisam de Natrum sulph. Cansaço pela manhã, diabetes, gripes, garganta irritada, fígado preguiçoso, icterícia, entupimento do ducto biliar, constipação.
Sintomas: face cinzento-amarelada, inchada. Escleróticas amareladas, gosto amargo. Secreções: amarelo-ouro, cinzentas e amarelas, bílis. Melhora: tempo quente e seco, ar livre. Agravação: tempo chuvoso e úmido, ficando em casa ou lugares úmidos. Água sob todas as suas formas. Piora de manhã e à noite. Indicações: hidropsia, doenças do fígado e da Vesícula biliar. Ácido úrico. Ação do sal: estimula o escoamento da bile e do suco pancreático, elimina o excesso de água do organismo.


Kali muriaticum - cloreto de potássio (Gêmeos)

Dores reumáticas, dores de ouvido, surdez por inflamação, cistite crônica, amigdalite, eczema da cabeça, herpes, acne, atonia, rouquidão, Um remédio da pneumonia que, alternado com Ferrum phos., é essencial para formação de fibrina e todos os tecidos dos órgãos. Glândulas e nervos, catarro, congestão dos canais brônquicos, glândulas inchadas, caxumba, dor de garganta (amígdala), inchaços. Junto com Ferrum phos., se houver inflamação ou gripes, porque limpa os canais brônquicos. Depois de gripe forte, tomar Kali mur. com Ferrum phos. e Calc. phos. Doenças infantis, catapora, sarampo, escarlatina. Estalos no ouvido, coágulos na menstruação, hemorragias na menstruação.
Sintomas: edema da face que é esbranquiçada. Dor picante nos lugares edemaciados. Secreções: branco, acinzentadas, farinhosas, furfuráceos, viscosas, grudentas. Melhora: calor, aplicações quentes. Massagem ligeira na região dolorida. Agravação: movimentos. Confeitos, alimentos gordurosos. Inalação de ar frio e perfumes. Indicação: inflamação no segundo período. Exsudação fibrinosa. Ação do sal: estimula a atividade celular, mantém a fibrina em dissolução.

Calcarea fluorica - fluoreto de cálcio (Câncer)
Ossos, dentes, fibras elásticas, pele, hemorróidas, varizes, veias, dilatação dos vasos sangüíneos, fístulas dentárias, deslocamentos uterinos, hematomas dos recémnascidos, catarata, dores renais, tísica pulmonar com expectoração, sífilis congênita, nódulos duros nos seios, luxações ósseas, elasticidade, esmalte dos dentes, lentes cristalinas dos olhos, pele rachada. Reconstitui o aracnóide, a membrana fina do cérebro, ajuda a memória. Dificuldade de se expressar, medo da pobreza, medo de desaprovação, sentimentos de mágoa, medos.
Quando um caso anunciar a necessidade de Calc. fluor., também será necessário sílica. Para cansaços extremos e esgotamento nervoso. Bom para gestantes para que o tecido fique flexível, parto facilitado.
Sintomas: veias varicosas, relaxamento das paredes abdominais. Prolapso uterino.  umefações duras, pressão baixa. Secreções: consistentes, granulosas, picantes, corrosivas. Melhora: pela fricção e fomentação quentes. Pelo movimento ao ar livre, pelo calor úmido e pelo frio úmido.
Agravação: pelo calor seco. Pelo calor sem o repouso, pelos alimentos frios e bebidas quentes, pelo ar frio e seco. Indicações: relaxamento dos tecidos elásticos. Endurecimento das glândulas. Exsudações consistentes. Ação do sal: reforço da tonicidade dos tecidos. Restauração da elasticidade celular.


Magnésia phosphorica - fosfato de magnésio (Leão)
O remédio da dor. Dores agudas, câimbras, cólicas
flatulentas das crianças e recém-nascidos. Espasmos, nevralgias, dismenorréia nevrálgica, dores de cabeça nevrálgicas e espasmódicas após esforço mental, antiespasmódico. Angina de peito, epilepsia, ciática, atua sobre os nervos motores. Fios e fibras nervosas, para aprender a amar Kali phos. e Mag. phos. funcionam juntos. Matéria cinzenta e branca, cólicas menstruais, convulsões e todos os problemas de coração, alivia a dor de ataque cardíaco. Kali phos., Mag. phos. e Ferrum phos. trabalham juntos em todos os casos de cansaço, exaustão, anemia, insônia, nevralgia, câimbras.
Sintomas: face ligeiramente rubra. Impaciente. Muito irritável, contrações, convulsões. Melhora: calor, pressão forte, movimentos vivos, curvando-se para frente. Agravação: frio a noite, pela limitação dos movimentos. Indicações: todas as dores fulgurantes, de caráter
lancinante e perfurante, pruridos, câimbras. Ação do sal: mantém a atividade e a facilidade dos movimentos das células. Permite às células a eliminação dos produtos mórbidos. Relaxa os músculos.


Kali sulphuricum - sulfato de potássio (Virgem)
Remédio das inflamações. Língua amarela, Corrimento mucoso e seroso amarelado, coriza, bronquite, asma, otite, diarréia, gastrite, gonorréia, orquite, leucorréia, (tosse depois da gripe, principalmente em crianças), catarro, psoríase, pólipos, seborréia. Remédio do reumatismo agudo crônico, do couro cabeludo e da barba com descamações, anemia. O Kali sulph. fabrica e distribui óleo para o corpo, queda dos cabelos, caspa, erupções cutâneas, descamação do couro. Transportador de oxigênio para células epidérmicas, pele e membranas. Junto com Ferrum phos. e com Kali mur. (Gêmeos), constroem a pele nova e a mantêm lubrificada, para velhice, rugas, cabelo e pele envelhecida.
Sintomas: tez amarela ou pardacenta, manchas escuras da pele do corpo e do rosto. Secreções: amareladas, viscosas e brandas. Melhora: ar fresco e livre. Agravação: quando em quarto fechado. Calor. A noite. Alimentos quentes, tabaco. Indicações: inflamações no terceiro período. Descamação. Quando outros remédios bem indicados não deram resultados suficiente. Ação do sal: veículo do oxigênio no seio das células. Estimula a formação de células novas.


Natrum phosphoricum - fosfato de sódio (Libra)
Moléstia com excesso de acidez, icterícia, Corrimento amarelo no olho, Urticária, arrotos ácidos, vômitos, azia, remédio útil para os primeiros meses de gravidez. Dispepsia ácida, gástrica, inflamação da garganta, ejaculação durante o sono. Cólicas, com sintonia de lombrigas, ácido úrico, todas as doenças reumáticas, gota, fraqueza dos rins, cálculos biliares.
Nariz vermelho, pele manchada e vermelha após comer. Úlceras de estômago junto com Calc. sulph. Garganta e gengiva inflamada. Previne a cristalização da bílis, cálculos biliares, icterícia, reumatismo, gota, diabetes. Úlceras gástricas, dispepsia, gosto azedo na boca, escurece a prata. Língua amarela. Metabolismo do ácido básico em desequilíbrio, antiácido natural.
Sintomas: idéias negras. Sujeito a resfriados. Sempre fatigado. Aversão ao ar livre. Suores azedos. Secreções: amarelas como mel ou como creme. Melhora: calor. Agravação: durante tempestades (dores). A tarde e de manhã. Menstruação. Ação do sal: mantém o ácido úrico em dissolução, impede a cristalização da colesterina.


Calcárea sulphuricum - sulfato de cálcio (Escorpião)

Remédio da supuração, empregar depois da silícea. Corrimentos, adernites, inflamação dos olhos, furúnculos, abcessos dolorosos em tomo do ânus, espinhas no rosto, eczema, coceiras na sola do pé, abcessos dentários. Presente nos fluidos do estômago, a falta provoca úlceras, metabolismo lento, furúnculos, gengivite, espinhas, problemas do pâncreas e rins, catarro, pus, infertilidade nas mulheres no homem, pus nas células que se juntam na próstata Fístulas no intestino, para pessoas operadas do intestino. Bom para a Cicatrização, sulfatos estão ligados ao enxofre, agente de limpeza do organismo.
Sintomas: furúnculos, pus e catarro. Secreções: granulações branco-amareladas. Estrias de
sangue. Pus. Agravação: estando molhado. Ação do sal: une-se quimicamente aos detritos do liqüido intercelular.


Silicea - sílica (Sagitário)
Indivíduo hipersensível e magro por falta de assimilação, supuração, abscessos, furúnculos, úlceras crônicas, fístulas, fístulas do ânus, feridas, cancro, falta de vitalidade e reação, crianças teimosas, suores na cabeça, esgotamento nervoso, neurastenia, abcessos dentários, enurese noturna em crianças, dor de cabeça crônica, prisão de ventre antes e durante as regras, úlceras no colo do útero, eretismo sexual, orquite crônica, onixe da raiz da unha, manchas brancas da unha, úlceras, sensação de fio de cabelo na língua, transpiração dos pés, suores noturnos, tosse violenta com expectoração fétida, bronquite crônica. É um remédio para a reabsorção dos tecidos esclerosados dos órgãos nervosos, nevralgias, intolerância por bebidas alcoólicas. Junto com o Calc. fluor, ajuda a conectar os pensamentos. Com Kali mur., Ferrum phos. e Kali sulph. para a gripe forte, dá brilho às unhas e aos cabelos. Junto com Cale. fluor. para catarata. Sintomas: nervoso, irritável. Tremor dos membros. Sintomas paréticos, malformação das unhas. Furúnculos, suores noturnos. Suor dos pés, aspecto enrugado.
Secreções: verdes-escuras, fétidas, pus. Melhora: calor, quarto quente. Aplicações quentes.
Agasalhando-se. Verão. Agravação: frio. Ar frio, ar livre. Inverno. Por estimulantes dos nervos. Antes de uma tempestade. A noite. Na lua nova. Pelos ruídos excessivos. Características: nervosismo, escrófulas. Tuberculose, gota. Supuração. Suores dos pés. Fístulas. Doenças crônicas. Ação do sal: firmeza dos tecidos. Eliminação do pus.


Calcárea phosphorica - fosfato de cálcio (Capricórnio)

Pessoas magras e morenas, fraqueza, nervosismo, ansiedade mental, moleira aberta, moléstia dos ossos, raquitismo, suores noturnos, fístulas nos órgãos, reumatismo em tempo úmido, tuberculose, cárie dentária, consolidação no caso de fraturas, fraturas nos velhos, vertigem dos velhos, manchas na pele, dentição retardada, criança que demora aprender a andar, anemia infantil, incontinência noturna, urina freqüente. Ótimo remédio na puberdade. Anemia, diabetes, estrutura óssea do corpo. Calc. phos. e Kali phos. formam a base de todas as
células. Gripes, excesso de muco, amígdalas inchadas, constituinte do fluido digestivo, frieiras, problemas de pele, durante a gravidez para perda óssea, tem de ser tomada acima de CH 6 para ser assimilada, doença de Bright (rins, albumina), as toxinas se desfazem das articulações,
reumatismo.
Sintomas: pele fina, pálida cérea. Desejo de alimentos
defumados. Magreza dos braços e das pernas.
Secreções: albuminosas, leitosas, crostas brancoamareladas.
Melhora: deitado em posição inclinada. Movimento dos
membros inferiores. Abaixando-se.
Agravação: mudança de estação. Frio. Estando molhado.
Umidade em geral, corrente de ar.
Características: exsudações albuminosas. Anemia. Cloro.
Câimbras, formigamentos. Tendência a inflamação.
Ação do sal: formação de células novas. Ossos, dentes.
Suspende as hemorragias.


Natrun muriaticum - cloreto de sódio (Aquário)

Desespero, desânimo, anemia, emagrecimento (mesmo comendo), boca seca, regras escassas, hiperestesia geral. Dificuldade com a fala, face pálida, espinhas múltiplas. Inquietação, irritabilidade, dor de cabeça crônica martelante dos anêmicos (principalmente às 11 da manhã), dor de cabeça por excesso de estudos. Insônia. Febre intermitente, sintomas gástricos, lábios e cantos da boca secos e rachados, erupções em torno da boca e vesículas, semelhante a pérolas sobre a boca, eczemas, pele oleosa, seborréia, gripes, picadas de insetos, coriza, perda de olfato, asma, dores picantes depois de evacuar, prisão de ventre, fezes irregulares duras, vagina seca, coito difícil e doloroso, coceira, eczemas com Ferrum phos. É encontrado em todos os tecidos e fluidos do corpo, indicado onde exista distúrbios na distribuição de água. Remédio antipsórico, antiartríticos.
Sintomas: rosto inchado. Fatigado, sonolento. Chora
facilmente. Desejo violento de sal. Fraqueza das articulações. Arrepios. Secreções: claras aquosas ou brancas, como amido cozido. Melhora: ar livre, lavando com água fria. Transpiração. Tempo seco e quente. Agravação: de manhã. Tempo fresco e úmido.
Indicações: anemia escrófula. Mãos quentes e pés frios. Dores picantes. Ação do sal: divisão das células, crescimento dos glóbulos vermelhos. Redistribui a água utilizada pelas células
do organismo.

Ferrum phosphoricum - fosfato de ferro (Peixes)

Bronquite, indicado no começo de todas as moléstias com febre e inflamações (no começo), laringite aguda, dor de ouvidos, olhos inflamados e vermelhos, congestão geral e todas suas conseqüências, nevralgias, dores de cabeça, reumatismo articular (ombro), feridas recentes causadas por traumatismo. Remédio para ser dado no começo dos resfriados, regula os intestinos. Dor de estômago em crianças, perturbações gástricas, vaginismo, incontinência noturna. Acalma inflamações e traz de volta o equilíbrio fluídico, torna o sangue vermelho, anemia, inflamações, hemorragia, insônia, palpitação emocional, gripes com febre, reumatismo, fraturas, cortes, destroncamentos, depressão, desânimo, desencorajamento, grande sensibilidade ao frio, anemia, saúde das hemácias.
Sintomas: aspecto flórido, olheiras, rubor fácil da face. Olhos injetados de sangue. Batimentos arteriais visíveis. Melhora: aplicações frias. Ar livre. Movimentos lentos. Agravação: calor, movimento, agitação. Indicação: inflamação no primeiro período. Febre alta. Congestão. Perdas de sangue. Fraqueza muscular. Feridas e contusões recentes. Ação do sal: veículo de oxigênio. Tonifica os músculos. Mantém o calibre dos vasos sangüíneos. Contrai os músculos. Regulariza a circulação.

(Trecho do livro: Astrologia de Saúde, Funcional e Ortomolecular - Elizabeth Queiroz-Tibet)