TPM (Tensão Pré Menstrual)

 

A medicina chinesa descreve canais energéticos através dos quais o Qi, ou força vital, circula para todas as áreas do Corpo/Mente.

 

Os doze meridianos são denominados de acordo com o órgão físico a que se relacionam e trabalham em conjunto para manter a vida e a saúde. Os pontos de acupuntura em cada meridiano têm atributos cuidadosamente delineados que acessam, corpo, mente, emoção  e espírito. A doença é atribuída a excesso ou deficiência da energia em qualquer dos canais ou em qualquer um dos quatro aspectos energéticos que, automaticamente perturbariam todo o ser.

 

A forma mais fácil para se perceber a cosmologia da medicina chinesa no ser humano é através da metáfora dos cinco elementos que contém os doze meridianos, e funcionam em conjunto para criar e controlar uns aos outros.

 

Aqui vou falar apenas sobre o elemento Terra que contém o canal Yin do Baço e o canal Yang do Estômago, respectivamente, órgão e víscera. E também vou me ater aqui somente ao órgão > Baço: O Baço atua como um gerente de transporte e distribuição de Qi (força vital/energia), sangue e nutrientes por todo o sistema. É como a mãe que nutre, física e emocionalmente.

 

Pessoas com o elemento Terra não-saudável podem se tornar obsessivas e preocupadas com a esfera mental por não estarem aterradas no nível físico. Podem ter problemas de digestão ou distúrbios alimentares.

 

O elemento Terra é como um solo fértil para o ser. É nossa conexão com o plano terrestre e com o corpo físico onde habita o Espírito. Quando estamos física, emocional, mental e espiritualmente nutridos, nós nos permitimos experienciar nossa encarnação em sua plenitude. O sentimento correspondente ao elemento Terra é a simpatia ou empatia – em algum nível somos todos “estrangeiros numa terra estranha”. É interessante estar digitando sobre esse elemento e meridiano, pois foi por conta de sua disfunção em mim mesma, é que fui aprender medicina chinesa anos atrás, e eu me sentia, além de todas as somatizações, a própria ET, rss

 

Bem, mas o assunto aqui é sobre TPM e aqui abaixo, se praticado está apalpação, que peguei do Instituto Roberto Costa, certamente tonificaremos a energia do meridiano do Baço que está ligado, não somente a TPM, mas como também à indigestão, borborigmo (ruído causado pelo deslocamento de gases e de líquidos no tubo digestivo), diarreia, dor e distensão abdominal, hemorragia uterina, leucorréia (corrimento vaginal), dificuldade no trabalho de parto, impotência, emissão seminal, dor em distensão nos testículos, enurese (emissão involuntária de urina), retenção urinária, edema ou hidropsia (acumulação anormal de líquido nos tecidos do corpo e insônia. O ponto apresenta uma grande variedade de indicações, incluindo patologias referentes aos sistemas digestivo, reprodutivo e urinário.

 

Em palavras bem compreensíveis, quando ficamos demais na cabeça consumimos toda a energia do Baço e todos esses sintomas acima são as consequências.

 

Lena Rodriguez

(texto adaptado de Sabina Petit e Li Ding)

NATUROPATIA - DO IN - TPM


Para diminuir os sintomas da TPM, apalpe a região interior abaixo do ossinho do tornozelo, e vá traçando um caminho até a planta do pé.

Repita algumas vezes. Por fim, meça três dedos de altura acima do ossinho do tornozelo e aperte essa região. Refaça o procedimento no outro pé.

via Dr. Carlos Lyrio - Instituto Roberto Costa www.robertocosta.org.br

_________

www.cuidebemdevoce.com